12:57 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Facebook

    EUA prometem analisar redes sociais antes de emitir visto

    Twitter@franzrusso
    Américas
    URL curta
    424

    A administração do presidente dos EUA, Donald Trump, tornou mais rígido o processo de emissão de visto norte-americanos e determinou aos funcionários das embaixadas e dos consulados que verifiquem as redes sociais dos solicitantes, especialmente dos que visitaram países e territórios com a presença do Daesh.

    Essas determinações foram encaminhadas para todas as representações norte-americanas em 17 de março. Os funcionários das embaixadas devem realizar, a partir de agora, uma verificação mais minuciosa de “grupos populacionais”, que possam representar risco à segurança dos EUA. A informação sobre quais tipos de grupos seriam esses não foi divulgada. 

    A verificação contempla perguntas sobre o passado do solicitante de visto, bem como a analise do histórico de suas redes sociais, se este visitou ou residiu em territórios controlados pelo Daesh, ou se se for suspeito de ligação com organizações islâmicas radicais. O resultado dessa verificação virá em anexo ao processo de solicitação de visto.

    Mais:

    Pense antes de publicar: EUA passarão a analisar redes sociais dos candidatos a visto
    Tribunal dos EUA rejeita apelação de Trump contra decisão judicial sobre imigração
    Tags:
    visto de entrada, vistos, redes sociais, Daesh, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik