13:10 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Casa Branca

    Casa Branca disposta a endurecer política em relação à Rússia

    © flickr.com/ Adam Fagen
    Américas
    URL curta
    11024

    A Administração do presidente Donald Trump tomou uma decisão inesperada de endurecer a política em relação à Rússia, comunica o The Wall Street Journal citando fontes diplomáticas.

    Durante a campanha eleitoral Trump falou sobre o seu desejo de ter boas relações com Moscou, criticando a OTAN e vários aliados de Washington, acrescenta o The Wall Street Journal

    Mas, logo após a tomada de posse, Trump nomeou uma série de conselheiros com posições mais duras em relação a Moscou. Assim, o ministro da Defesa James Mattis declarou que os EUA não se interessam por "qualquer cooperação militar" com a Rússia e vão dialogar "a partir de uma posição de força".

    A decisão dos EUA de mudar a atitude relativamente a Moscou foi saudada na Europa, afirma o WSJ. 

    "Avançamos muito na formação de uma posição única. Ninguém já acredita que os EUA tinham a intenção de alcançar um grande acordo com a Rússia", diz um diplomata europeu não identificado que participou de consultas em Washington no início de março. 

    Entretanto, as sondagens recentes da Gallup realizadas entre cidadãos norte-americanos indicam que 22% dos entrevistados expressam uma atitude positiva relativamente a Putin, o maior índice desde 2003.

    Mais:

    Mídia: Trump decide pôr de lado planos de cooperação com Rússia contra Daesh
    WSJ: Administração de Trump tenta 'semear a discórdia' entre Rússia e Irã
    Tags:
    atitude, opinião, posição, cooperação, posse, campanha, relações, OTAN, Casa Branca, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik