05:58 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Trump e Peña Nieto

    Quais podem ser as consequências se o presidente do México cancelar a reunião com Trump?

    © AFP 2019 / YURI CORTEZ
    Américas
    URL curta
    1660
    Nos siga no

    O secretário de Fazenda do país admitiu que, caso o México não consiga abrir espaços de diálogo, o protecionismo dos EUA vai afetar a economia.

    Após a assinatura da ordem executiva que coloca em andamento a construção do muro nas fronteiras entre México e Estados Unidos, há um clamor popular para que o presidente Enrique Peña Nieto cancele a viagem que faria a Washington na semana que vem. Ele se encontraria com Donald Trump e equipe para discutir temas comércio e migração, mas já admitiu que pensa em não comparecer.

    Hoje, porém, o secretário da Fazenda mexicano, José Antonio Meade, alertou para os possíveis danos à economia mexicana caso a reunião não aconteça. Ele disse que é necessário "cuidado" com as situações que vão se desenrolar.

    "Teremos de esperar, temos de ter cuidado para ver o que acontece o que sai das reuniões que eles estão tendo agora", disse Meade à Radio Formula, acrescentando que a economia mexicana vai ser impactada, caso o principal parceiro comercial do país latino-americano insista em políticas protecionistas.

    Reação de Trump

    Após reclamações do país vizinho, Donald Trump resolveu se manifestar pelas redes sociais. O presidente disse que os Estados Unidos possuem um déficit comercial de US$60 bi (cerca de R$190 bi) com o México e que a relação entre os dois países "tem sido um negócio unilateral". Ele também instou Peña Nieto a cancelar a reunião caso os mexicanos não concordem em pagar pelo muro.

    Os EUA têm um déficit comercial de US $ 60 bilhões com o México. Trata-se de um acordo unilateral desde o início do NAFTA com um número enorme de empregos e empresas perdidas. Se o México não está disposto a pagar pelo muro, um tão mal necessário, então seria melhor cancelar a próxima reunião.

    Mais:

    México - nós não vamos pagar nada!
    Tags:
    Nafta, Enrique Peña Nieto, Donald Trump, José Antonio Meade, México, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar