11:55 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça norte-americano F-35

    Lockheed Martin promete a Trump reduzir os custos exorbitantes do caça F-35

    © flickr.com/ Samuel King Jr
    Américas
    URL curta
    753

    A Lockheed Martin está perto de finalizar um contrato que reduzirá o preço de seu caça de quinta geração F-35, segundo afirmou a CEO da empresa, Marilyn Hewson, em comunicado de imprensa após reunião com o presidente eleito Donald Trump nesta sexta-feira (13).

    Os custos de aquisição do F-35 foram estimados em US$ 395 bilhões por 2.457 caças, um custo de US$ 160 milhões por unidade, segundo um relatório do Escritório Geral de Contabilidade dos EUA (GAO, na sigla em inglês) de março de 2016.

    "Eu disse a ele [a Trump] que estamos perto de fechar um acordo sobre um novo contrato que reduz o preço para os próximos 90 aviões significativamente", disse Hewson. 

    Segundo o comunicado, “o acordo criaria 1.800 novos empregos” nas instalações da companhia em Fort Worth, Texas, “e milhares a mais” em toda a sua base de fornecimento nos EUA. 

    Trump disse em dezembro que o programa dos F-35 estava atrasado e superfaturado, mas que ele trabalharia com a Lockheed Martin para reduzir os custos. 

    Na quinta-feira (12), o indicado de Trump ao cargo de secretário de Defesa, General John Mattis, disse ao Comitê de Serviços Armados do Senado, em sua audiência de confirmação, que o programa F-35 Strike Fighter era vital para manter a superioridade aérea dos EUA. 

    O programa de aquisição dos jatos F-35 é o mais caro do Departamento de Defesa norte-americano e está mais de US$ 200 bilhões acima do orçamento original, segundo o GAO. Além disso, exigirá um financiamento de aquisição de US$ 12,7 bilhões por ano, em média, até 2038.

    Mais:

    EUA enviam caças F-35 mais recentes ao Japão
    Nova administração dos EUA deve refusar 'irremediável' caça F-35, diz perito
    Coreia do Sul paga 450 milhões de dólares aos EUA por novos caças F-35
    Quem tem Twitter não precisa de caças F-35
    Tags:
    quinta geração, caça, custos, defesa, F-35, Lockheed Martin, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik