15:53 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    US Vice President Joe Biden

    Biden: Trump deve cooperar com a Rússia, mas com ressalvas

    © AP Photo / Steven Senne
    Américas
    URL curta
    120
    Nos siga no

    O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, disse que o futuro presidente dos EUA, Donald Trump, deve tomar decisões relativas à cooperação com a Rússia sempre considerando os passos, supostamente tomados por Moscou, para redução da influência de Washington no mundo, bem como os dados referentes aos ciberataques.

    O atual vice-presidente dos EUA concedeu uma entrevista à emissora NBC, que foi ao ar nesta quinta-feira.

    O vice-presidente comentou as palavras de Trump, de que uma boa relação com o presidente Vladimir Putin será uma vantagem. 

    “É importante que o próximo presidente — Trump — tenha noção sobre tudo que foi feito e continua sendo feito por Vladimir Putin”, disse o vice-presidente dos EUA.

    Ele acusou Moscou de tanta enfraquecer a União Europeia e a OTAN, e manifestou a esperança de que os especialistas da equipe de Trump explicarão a situação para ele.

    “No entanto, eu não posso prever o que Trump fará quando for presidente”, constatou Biden.

    “Há esperança de que, ao assumir a presidência e ao apontar os seus analistas e os especialistas, ele se torne muito mais informado”, destacou o político.

    Donald Trump, durante a coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira em Nova York, declarou que Moscou pode ajudar Washington no combate ao grupo terrorista Daesh. 

    “Se Putin gosta de Donald Trump, eu penso que isso é uma vantagem, e não uma desvantagem, pois temos péssimas relações com a Rússia”, disse Donald Trump durante a coletiva de imprensa. “A Rússia pode nós ajudar a combater o Daesh”, declarou Trump.

    Mais:

    Estratégia de intimidação da Rússia será derrotada com Trump, opina analista
    Vice-presidente eleito dos EUA fala sobre publicação de relatório sobre Trump e Rússia
    Trump: Rússia nunca tentou me influenciar
    Informações de que Rússia possui dados comprometedores sobre Trump e Clinton são absurdas
    Tags:
    relações bilaterais, Donald Trump, Joe Biden, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar