21:40 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    411
    Nos siga no

    O Menino Jesus da igreja de Santa Ana dos Pinheiros, em Ontário, Canadá, recebeu sua cabeça de volta - mas ainda não há como encaixá-la.

    Há umas semanas, a estátua do Menino Jesus da Paróquia canadense de Santa Ana dos Pinheiros, em Sudbury, Ontário, ficou sem cabeça, roubada por vândalos desconhecidos. Após a tragédia, a direção da igreja buscou um restaurador que ajudasse na difícil tarefa de reparar a falta. Mas o resultado não foi o esperado pela igreja. A criação da artista Heather Wise viralizou nas redes sociais. A "cabeça laranja" de Jesus Cristo "era difícil aos olhos", segundo o arcebispo, Gérard Lajeunesse.

    Agora "que temos a cabeça verdadeira, acredito que ela deva voltar ao seu lugar", disse Lajeunesse à Sputnik Brasil.

    A boa notícia veio na sexta-feira passada (21):

    "Lá estava, íntegra e ilesa, deve ter estado na mesa de alguém. A pessoa que a trouxe para nós disse ter pensado que [a cabeça] devia ser propriedade de alguma igreja, mas ela não sabia de qual igreja. Somente depois de ver notícias na mídia e na rede social foi que ela soube do que se tratava. Ela não telefonou e veio assim que pôde. Ela mesma, com a cabeça".

    Mas, mesmo com a cabeça de volta, é difícil restaurar a estátua. Segundo Lajeunesses, o assunto ainda não foi discutido; contudo, desde o retorno da cabeça, os dias estão "bem agitados", principalmente por causa da reação da mídia à restauração temporária.

    A cabeça de argila virou um meme quase igual ao "Ecce Mono" ("Ecce Macaco") espanhol de 2009. A cabeça marrom do menino Jesus viajou de ombro em ombro, até parar no do presidenciável estadunidense Donald Trump.

     

    #temporaryjesushead for America.

    Фото опубликовано @temporaryjesushead Окт 21 2016 в 1:53 PDT

     

    Lajeunesse explica: "A cabeça feita de argila na semana passada não prestou porque o barro estava mole, cobrindo a estátua, por isso foi preciso tirá-la completamente".

     

    Temporarily Trump again, by popular demand. More to come tomorrow.

    Фото опубликовано @temporaryjesushead Окт 21 2016 в 8:40 PDT

     

    Ao ser perguntado sobre as comparações bizarras que os internautas fizeram com personagem Maggie Simpson, o sacerdote disse que prefere não dar comentários.

    Heather Wise não apareceu no local da sua experiência artística, depois de conclui-la. "Eu a procurei, mas não consegui estabelecer comunicação — é uma das coisas que eu quero fazer”, acrescentou.

    Além da tão esperada volta da cabeça do Menino Jesus, há mais um motivo de alegria: "As pessoas começaram a tomar conhecimento de que há uma estátua na parte sudoeste do território ocupado pela igreja".

    Todavia é difícil dizer se a estátua atrairá mais visitantes à cidade e à igreja: é outono, e "raramente os turistas virão ao Canadá no outono — só se for para praticar montanhismo e esqui".

    Aliás, esta não é a primeira vez que a estátua foi atacada por vândalos. A cabeça do Menino Jesus já tinha sido roubada quando estava em outra igreja, que foi fechada há nove anos. Lajeunesse não soube explicar o mistério.

     

    Temporarily joining the dark side. #temporaryjesushead

    Фото опубликовано @temporaryjesushead Окт 21 2016 в 3:54 PDT

     

    Mais:

    Igreja ortodoxa em Pristina continuará sendo banheiro público?
    Caso Anticristo: Igreja Universal encerra questão com Google Maps
    Tags:
    arte, religião, Heather Wise, Gérard Lajeunesse, Canadá, Ontário
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar