05:41 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    021
    Nos siga no

    As FARC exigiram hoje (8) que as medidas de segurança acordadas nas negociações de paz com o governo colombiano sejam imediatamente implementadas, na sequência da morte de uma militante da guerrilha na terça-feira (6) passada.

    "O secretariado das FARC-EP (liderança) rechaça o assassinato de Cecilia Coicué, dirigente social do município de Corinto (Cauca, sudoeste), militante da Marcha Patriótica", e pede a implementação imediata das "medidas acordadas no ponto ‘Garantias de Segurança do Acordo Final", afirma um comunicado da organização.

    Coicué era proprietária do terreno onde se planejou a instalação do Ponto Transitório de Normalização da aldeia de La Cominera, em Cauca, uma das áreas onde os combatentes das FARC deverão se concentrar para depor as armas e voltar à vida civil.

    Mais:

    Brasil oferece ajuda a Colômbia em acordo de paz com as Farcs
    Presidente da Colômbia anuncia cessar-fogo definitivo com as FARC
    Washington reconhece papel de Cuba na resolução do conflito com as FARC na Colômbia
    Tags:
    Colômbia, Corinto, Cauca, Cecilia Coicué, FARC-EP, segurança, acordo de paz, assassinato, armas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar