16:46 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Motores da Guerra: Coleção Exclusiva de Veículos da Segunda Guerra Mundial em Moscou

    Terceira Guerra Mundial é evitada por feliz acaso

    © Sputnik/ Evgeniy Biyatov
    Américas
    URL curta
    955591210

    Pesquisadores e antigos militares da Força Aérea dos EUA anunciaram como foi evitada a Terceira Guerra mundial.

    Ela podia ter sido iniciada por causa da tempestade solar que desativou radares situados para além do Círculo Polar Ártico.

    A Terceira Guerra Mundial poderia ter sido desencadeada no dia 23 de maio de 1967 por causa de uma tempestade solar que desativou radares norte-americanos situados para além do Círculo Polar Ártico, indica a revista Space Weather

    ​Sem saber que o incidente com equipamentos foi causado por um fenômeno natural, os militares norte-americanos supuseram que os dispositivos tivessem sido inutilizados pela União Soviética e ficaram em prontidão para enviar aviões contra esse país.

    ​Entretanto, isto não foi necessário, os meteorologistas espaciais tinham oportunamente enviado dados sobre a grande tempestade solar que tinha desativado os radares. De acordo com os autores da pesquisa, isso permitiu evitar um conflito que poderia se ter transformado em guerra mundial com utilização de armas nucleares.

    Um certo número de manchas foi descoberto no Sol por observadores do Novo México e do Colorado no dia 18 de maio de 1967. Em 23 de maio, a atividade solar aumentou. No mesmo dia, o observatório de Massachusetts tinha registrado uma radiação solar considerável. 

    ​Foi, portanto, esta tempestade geomagnética que desativou os três radares norte-americanos (no Alaska, na Groenlândia e no Reino Unido). 

    Neste contexto, e tendo em conta essa situação, os autores do estudo sublinharam as virtudes e a eficácia da meteorologia espacial.

    Mais:

    'OTAN empurra humanidade para Terceira Guerra Mundial'
    Tags:
    atividade solar, radares, pesquisadores, incidente, fenômeno, equipamento, radiação, tempestade, Círculo Polar, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik