Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Blinken: com base no que foi acordado, EUA estão prontos para prosseguir com acordo nuclear com Irã

© AFP 2022 / KENA BETANCURO secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, fala durante a Conferência de Revisão de 2022 das Partes do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares nas Nações Unidas em Nova York, 1º de agosto de 2022
O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, fala durante a Conferência de Revisão de 2022 das Partes do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares nas Nações Unidas em Nova York, 1º de agosto de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2022
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos estão preparados para avançar com o acordo nuclear com o Irã com base no que já foi acordado, mas Washington não tem certeza se Teerã está disposto a prosseguir, disse o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, nesta segunda-feira (1º).
"A União Europeia [UE] apresentou a melhor proposta com base em muitos e muitos meses de discussões, negociações, conversas. É muito consistente com algo que eles apresentaram em março e que concordamos que estamos buscando", disse Blinken. "Resta ver se o Irã está disposto e é capaz de seguir em frente. Portanto, continuamos preparados para avançar com base no que foi acordado. Ainda não está claro se o Irã está preparado para isso."
Em 2015, o Irã assinou o acordo nuclear formalmente conhecido como Plano Abrangente de Ação Conjunta (JCPOA) com os Estados Unidos, China, França, Rússia, Alemanha, Reino Unido e União Europeia. O acordo exigia que o Irã reduzisse seu programa nuclear e reduzisse suas reservas de urânio em troca de alívio das sanções, incluindo o levantamento do embargo de armas cinco anos após a adoção do acordo.
Em 2018, os Estados Unidos se retiraram unilateralmente do JCPOA e impuseram sanções abrangentes ao Irã, levando Teerã a abandonar amplamente suas obrigações sob o acordo.
A usina nuclear Bushehr no Irã - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Panorama internacional
Irã construirá novo reator de pesquisa nuclear, anuncia OEAI
No entanto, as partes do acordo, juntamente com os Estados Unidos, desde então iniciaram negociações para reviver o JCPOA conduzindo negociações. Após uma rodada de negociações indiretas no Catar em julho, o enviado especial dos EUA para o Irã, Robert Malley, disse que o Irã acrescentou novas demandas não relacionadas ao acordo original.
O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, disse em julho que Teerã está pronto para negociar um acordo nuclear forte e durável com base nos interesses mútuos de todas as partes envolvidas, em vez do que ele descreve como demandas unilaterais "mutuamente exclusivas" dos Estados Unidos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала