Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Cônsul chinesa zomba da abordagem ocidental do conflito na Ucrânia (IMAGEM)

© AFP 2022 / Bulent KilicMorador reabastece carro em Kramatorsk, em meio à operação militar especial da Rússia na Ucrânia, 26 de julho de 2022
Morador reabastece carro em Kramatorsk, em meio à operação militar especial da Rússia na Ucrânia, 26 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Nos siga noTelegram
Uma funcionária consular no Reino Unido publicou um meme em que criticou o que disse ser a diferença na forma como os países ocidentais e a China veem o conflito na Ucrânia.
Uma funcionária consular chinesa na Irlanda do Norte, Reino Unido, compartilhou na segunda-feira (25) uma imagem de um meme que estaria representando as relações do Ocidente e da China com a Ucrânia.
Soluções à questão da Ucrânia...
Segundo a imagem de Zhang Melfang, a atual posição da China, representada à esquerda, é que haja um final negociado para o conflito na Ucrânia, enquanto na situação à direita o Ocidente lava só quatro partes do corpo para irritar Vladimir Putin, presidente da Rússia.
No sábado (23) Melfang compartilhou um outro meme em que fez uma piada semelhante, no qual disse "europeus, os americanos não pagarão suas contas de gás".
A funcionária consular já trabalhou como vice-cônsul-geral em Nova York, EUA, e Toronto, Canadá.
A Rússia iniciou a operação militar especial na Ucrânia em 24 de fevereiro. O presidente russo Vladimir Putin declarou que a operação visa "defender as pessoas que ao longo dos últimos oito anos têm sofrido intimidações e genocídio por parte do regime de Kiev". Com esse fim, planejam efetuar a desmilitarização e desnazificação da Ucrânia, levar à Justiça todos os criminosos de guerra, responsáveis pelos "crimes sangrentos contra os civis" de Donbass.
De acordo com o Ministério da Defesa russo, as tropas só atacam a infraestrutura militar e as tropas ucranianas, tendo por objetivo final a libertação de Donbass.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала