Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Vice-chefe de Energia da UE vai à Nigéria para tentar dobrar importação de gás do país para Europa

© AFP 2022 / Pius Utomi EkpeiVista aérea da planta de GNL da Nigéria em Bonny Island (foto de arquivo)
Vista aérea da planta de GNL da Nigéria em Bonny Island (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 23.07.2022
Nos siga noTelegram
Autoridade do setor de Energia da Comissão Europeia disse que há potencial para que Abuja possa "mais que dobrar" seu envio de GNL para os Estados europeus e ultrapassar os atuais 14% de exportação ao bloco.
Neste sábado (23), o vice-diretor-geral do Departamento de Energia da Comissão Europeia, Matthew Baldwin, disse que a União Europeia está buscando suprimentos adicionais de gás no país africano enquanto o bloco se prepara para possíveis cortes no fornecimento da Rússia.

"Eles [nigerianos] nos disseram: 'Venha e fale conosco novamente no final de agosto, porque achamos que podemos obter um progresso real nisso'", afirmou Baldwin citado pela Reuters.

A autoridade europeia concedeu a declaração da própria Nigéria, onde teve reuniões com funcionários do maior produtor de petróleo da África esta semana.
Campo de gás russo (imagem de referência) - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Panorama internacional
UE se prepara para 'pior cenário possível' de inverno com a ausência de suprimentos de gás russos
Segundo a mídia, Baldwin foi informado de que Abuja estava melhorando a segurança no Delta do Níger e planejava reabrir o oleoduto Trans Níger depois de agosto, o que renderia mais exportações de gás para a Europa.
"A UE importa 14% de seus suprimentos totais de GNL da Nigéria e há potencial para mais que dobrar isso", acrescentou o vice-diretor europeu.
No ano passado, a Nigéria exportou 23 bilhões de metros cúbicos de gás para a UE, mas o número vem diminuindo ao longo dos anos. Em 2018, o bloco comprou 36 metros cúbicos de GNL do país africano.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала