Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

No 72º aniversário da Guerra da Coreia, Seul adverte a Pyongyang: paz será obtida por meio da força

© AFP 2022 / Jung Yeon-JeGuardas de honra sul-coreanos seguram bandeiras das nações aliadas da ONU durante uma cerimônia que marca o 72º aniversário do início da Guerra da Coreia de 1950-1953 em Seul em 25 de junho de 2022
Guardas de honra sul-coreanos seguram bandeiras das nações aliadas da ONU durante uma cerimônia que marca o 72º aniversário do início da Guerra da Coreia de 1950-1953 em Seul em 25 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.06.2022
Nos siga noTelegram
Em evento para comemorar a data, presidente e primeiro-ministro sul-coreano fazem discursos duros demonstrando que o Sul está pronto para responder a qualquer ação do Norte, principalmente com a cooperação com os EUA.
No 72º aniversário da eclosão da Guerra da Coreia (1950-1953), o governo sul-coreano prometeu respostas severas a qualquer provocação da Coreia do Norte, segundo a Yonhap.
O presidente, Yoon Suk-yeol, declarou que faria todos os esforços "para defender a liberdade e a paz por meio da força. […] A liberdade, paz e prosperidade que o Sul desfruta hoje foram construídas com base em seu sacrifício e dedicação", disse Yoon citado pela mídia.
Já o primeiro-ministro, Han Duck-soo, endossou o discurso do presidente e disse que Seul se comprometeu a construir uma postura de defesa robusta baseada na firme aliança do país com os EUA e tecnologias avançadas.
"O governo fortalecerá sua postura defensiva com base na firme aliança entre a Coreia do Sul e os EUA e responderá com rapidez e firmeza, usando todos os meios necessários. O governo nunca esquecerá que a paz pode ser alcançada com base em uma forte defesa e segurança", afirmou.
O país sul-coreano também buscará esforços diplomáticos para obter cooperação da comunidade internacional para alcançar a paz na península e fornecer assistência humanitária ao Norte, acrescentou.
Han expressou gratidão aos veteranos da Guerra da Coreia e prometeu proteger a península coreana em seu caminho para a paz e a prosperidade, assim como os veteranos lutaram pela liberdade do país.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала