- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governo Biden responde a Bolsonaro: 'Eleições nos EUA são livres, justas e confiáveis'

© Foto / Isac Nóbrega / Palácio do PlanaltoJair Bolsonaro em entrevista à Débora Bergamasco (SBT News) Programa Perspectivas, 7 de junho de 2022
Jair Bolsonaro em entrevista à Débora Bergamasco (SBT News) Programa Perspectivas, 7 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 08.06.2022
Nos siga noTelegram
Após colocar em dúvida sistema eleitoral norte-americano, Embaixada dos EUA no Brasil contesta declarações do chefe do Executivo brasileiro e diz que tem "orgulho da longa história de eleições livres" no país.
Ontem (7), às vésperas de seguir para Cúpula das Américas em Los Angeles e para o encontro com o líder norte-americano, Joe Biden, o presidente, Jair Bolsonaro (PL), questionou a transparência das eleições de 2020 nos EUA e citou que uma suposta "fraude eleitoral" poderia ter acontecido, conforme noticiado.
Hoje (8), a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil respondeu às declarações do mandatário dizendo que nos EUA as eleições são "livres, justas e confiáveis", segundo O Globo.
"As eleições são a expressão mais visível de uma democracia, e os Estados Unidos têm orgulho da longa história de eleições livres, justas e confiáveis que passam por um processo minucioso e resistem ao desafio do tempo", destacou a embaixada citada pela mídia.
O presidente brasileiro duvidou do pleito estadunidense ontem (7) em entrevista ao SBT News, e chegou a citar que o ex-presidente, Donald Trump, estava "indo muito bem" na eleição para a mesma ter o resultado que teve.
"Quem diz é o povo americano. Eu não vou entrar em detalhes na soberania de outro país. Agora, o Trump estava muito bem. E muita coisa chegou para gente que a gente fica com pé atrás. A gente não quer que aconteça isso no Brasil. Tem informações de próprios brasileiros que teve gente que votou mais de uma vez", afirmou.
Nesta quarta-feira (8), o chefe de Estado brasileiro seguiu para Los Angeles para participar do evento e para ter um encontro bilateral com Biden de 30 minutos, conforme relatado pelo próprio Bolsonaro na entrevista.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала