Míssil balístico Sarmat é ímpar e sua modernização depende apenas da Rússia, diz comandante

© Sputnik / Serviço de imprensa do Ministério da Defesa da RússiaLançamento do míssil balístico intercontinental de base fixa Sarmat do cosmódromo de Plesetsk.
Lançamento do míssil balístico intercontinental de base fixa Sarmat do cosmódromo de Plesetsk. - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Nos siga noTelegram
O sistema russo de mísseis estratégicos Sarmat atualmente não tem análogos no mundo, e sua manutenção e modificação estão em nossas mãos, disse o general Sergei Karakaev, comandante da Força Estratégica de Mísseis da Rússia.
"Em primeiro lugar, hoje devemos falar sobre o sistema Sarmat como um sistema único, que atualmente não tem análogos no mundo. Em segundo – este sistema é desenvolvido pelo complexo militar-industrial da Rússia, que atualmente não depende de nada, e no futuro a operação, manutenção e modificação [do Sarmat] estão apenas em nossas mãos. Para ele proteger as fronteiras da nossa Pátria", afirmou Karakaev ao canal de TV russo Zvezda.
O primeiro lançamento do míssil balístico intercontinental Sarmat, no âmbito do programa de testes estatais, foi realizado a partir de um silo no local de lançamentos de Plesetsk em 20 de abril de 2022.
Depois do teste, o Ministério da Defesa russo observou que foram confirmadas as características estimadas em todas as fases do voo, as ogivas de treinamento chegaram à área designada no local de testes Kura, na península de Kamchatka.
O chefe da agência espacial estatal russa Roscosmos, Dmitry Rogozin, chamou o lançamento bem-sucedido de um "presente à OTAN".
Lançamento do míssil balístico intercontinental Sarmat no centro de testes espaciais de Plesetsk, região de Arkhangelsk, Rússia, 20 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 20.04.2022
Panorama internacional
Rússia lança com sucesso míssil balístico intercontinental Sarmat (VÍDEO)
Anteriormente a entidade militar russa acrescentou que "o novo míssil é capaz de atingir alvos a grandes distâncias usando diversas trajetórias de voo" e "tem caraterísticas únicas que lhe permitem superar garantidamente qualquer sistema de defesa antimíssil existente ou em desenvolvimento".
A Rússia testará o Sarmat ao longo deste ano e os militares começarão a receber os mísseis no outono (primavera no Hemisfério Sul) de 2022.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала