Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia duvida da sinceridade de Kiev de encontrar uma solução pacífica do conflito, diz MRE russo

© Sputnik / Maksim GuchekBandeiras russa e ucraniana na mesa antes das negociações Kiev-Moscou em Belarus, 7 de março de 2022
Bandeiras russa e ucraniana na mesa antes das negociações Kiev-Moscou em Belarus, 7 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.05.2022
Nos siga noTelegram
Conforme disse hoje (25) o ministério russo, o tema das garantias de segurança para a Ucrânia foi discutido durante as negociações, mas Kiev saiu do processo negocial.
O vice-chanceler russo Andrei Rudenko comentou as declarações do chefe do gabinete do presidente ucraniano, Andrei Yermak, sobre a possibilidade de criar um grupo consultivo para elaborar as garantias de segurança. Nas palavras dele, "é a primeira vez que ouço falar disso".

"Tal conversa teve lugar no contexto do nosso processo negocial. Mas, após a Ucrânia ter suspendido sua participação, nunca mais ouvi falar sobre quaisquer outras tentativas", acrescentou o vice-chanceler.

A Rússia duvida da sinceridade do desejo ucraniano de encontrar uma solução pacífica para a situação atual, apontou Andrei Rudenko. Recentemente, o presidente Vladimir Zelensky declarou que é possível continuar as negociações com Moscou, mas só sob a condição da retirada das tropas russas da Ucrânia.

"Em função disso, não podemos avaliar essa declaração como construtiva. Gostaria de lembrar que a Ucrânia participou ativamente das negociações, praticamente a partir do primeiro dia da operação militar e não impôs quaisquer condições. O fato de eles imporem essas condições faz-nos duvidar da sinceridade de seu desejo de encontrar uma solução pacífica", disse o diplomata.

Quanto à possibilidade de troca de prisioneiros do Batalhão Azov por militares russos, inclusive por Vadim Shishmarin, condenado por um tribunal ucraniano, o representante do MRE disse que ainda é cedo para falar, até o julgamento terminar.
Muralhas do Kremlin junto ao rio Moscou em Moscou, Rússia, foto publicada em 22 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2022
Panorama internacional
Conselho de Segurança da Rússia: OTAN vê como cenário ideal conflito na Ucrânia ardendo eternamente
Além disso, a Rússia está disposta a organizar corredores humanitários para retirar por mar os grãos ucranianos, mas Kiev por sua vez deve limpar os portos de minas, segundo a pasta. Em geral, Moscou está pronta ao diálogo com todas as partes interessadas para resolver os problemas com produtos alimentícios, sendo necessária uma abordagem ampla, ressaltou Rudenko.

"O lado russo está sempre disposto ao diálogo com todos os que aspiram à resolução pacífica de todos os problemas."

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала