Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Risco à segurança nacional é enorme': obesidade ameaça prontidão militar dos EUA, aponta estudo

© AP Photo / dpa/Nicolas ArmerMilitares dos EUA na Alemanha (foto de arquivo)
Militares dos EUA na Alemanha (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 07.05.2022
Nos siga noTelegram
A epidemia de obesidade está afetando a prontidão de combate do Exército dos EUA, escreve o Daily Express citando dados de uma pesquisa científica.
De acordo com um estudo, elaborado pela cientista nutricional Sara Police e seus colegas do Colégio da Medicina da Universidade de Kentucky, a questão do excesso de peso, apesar de todos os esforços do Pentágono e de outras entidades, tem tido um impacto negativo sobre o Exército dos EUA, e os riscos associados à segurança nacional são simplesmente "enormes".

"Este é um problema complexo que tem um profundo impacto na segurança nacional, limitando o número de recrutas disponíveis, diminuindo as candidaturas ao reingresso e potencialmente reduzindo a eficácia das missões", aponta a especialista.

Os pesquisadores descobriram que hoje o contingente que passa por treinamento militar inicial mudou significativamente. Assim, está aumentando a porcentagem de mulheres e representantes de minorias étnicas entre os novos recrutas.
Ao mesmo tempo, é entre as mulheres e as minorias que existe uma percentagem crescente de pessoas com tendências para a obesidade.
Militares da Marinha Real do Reino Unido - Sputnik Brasil, 1920, 20.12.2019
Quase 13 mil membros das Forças Armadas britânicas reprovam em testes físicos
Além disso, os representantes destes grupos também estão em risco de "aumento da insegurança alimentar", o que, por sua vez, também aumenta o risco de excesso de peso.

"O menor acesso a alimentos saudáveis também leva a problemas psicológicos – ansiedade e outros. Esses problemas, por sua vez, dificultam [manter] a estabilidade do pessoal militar e reduzem a prontidão de combate", observa o artigo.

Não obstante o excesso de peso, em geral, a partir da década de 1960, o número de recrutas admitidos no Exército dos EUA duplicou no segmento masculino e triplicou no feminino, conclui o artigo.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала