Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Kim Jong-un diz que Exército norte-coreano deve reforçar suas capacidades para 'aniquilar o inimigo'

© AFP 2022 / KCNA VIA KNSDesfile militar realizado por ocasião do 90º aniversário da fundação do Exército da Coreia do Norte na praça Kim Il-sung em Pyongyang
Desfile militar realizado por ocasião do 90º aniversário da fundação do Exército da Coreia do Norte na praça Kim Il-sung em Pyongyang - Sputnik Brasil, 1920, 29.04.2022
Nos siga noTelegram
Líder norte-coreano Kim Jong-un declarou nesta quarta-feira (27) que o Exército do seu país necessita reforçar suas capacidades para "aniquilar o inimigo e assim garantir mais firmemente o êxito da causa revolucionária" da nação, no âmbito de sua "sagrada luta contra a tirania imperialista”.
O chefe da Coreia do Norte fez essas afirmações na quarta-feira durante uma sessão de fotos com os participantes do desfile militar realizado por ocasião do 90º aniversário da fundação do Exército nacional, informou nesta sexta-feira (29) a agência de notícias estatal KCNA.
De acordo com a mídia, Kim Jong-un "sublinhou a necessidade de que todo o pessoal de serviço de todo o Exército cuide plenamente da alma e do espírito da República Popular Democrática da Coreia e potencie a sua força em todos os sentidos para aniquilar o inimigo e assim garantir com maior firmeza o êxito da causa revolucionária".
O líder da nação norte-coreana explicou que os militares devem conseguir essa conquista "com armas".
Líder norte-coreano, Kim Jong-un, observa teste de lançamento do míssil Hwasong-17, em foto divulgada pela KCNA em 25 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.04.2022
Panorama internacional
Kim Jong-un promete aumentar arsenal nuclear e 'excluir do mapa' qualquer força que confronte o país
Durante seu discurso de segunda-feira (25), Kim Jong-un comprometeu-se a reforçar as capacidades nucleares do seu país ao "ritmo mais rápido", advertindo que Pyongyang se preparará cuidadosamente para utilizar "a dissuasão" nuclear em qualquer momento e que qualquer força que procure o confronto militar com a Coreia do Norte deixará de existir.
No desfile militar foram exibidas as principais armas norte-coreanas, incluindo o míssil balístico intercontinental Hwasong-17.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала