Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Administração Biden cria conselho para combater 'desinformação' contra governo dos EUA

© Nicholas KammO presidente dos EUA, Joe Biden, participa de uma cerimônia de assinatura após fazer comentários sobre fundos para ajudar a Ucrânia, no South Court Auditorium do Eisenhower Executive Office Building, em Washington, DC, em 16 de março de 2022
O presidente dos EUA, Joe Biden, participa de uma cerimônia de assinatura após fazer comentários sobre fundos para ajudar a Ucrânia, no South Court Auditorium do Eisenhower Executive Office Building, em Washington, DC, em 16 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 28.04.2022
Nos siga noTelegram
A administração de Joe Biden revelou que o Departamento de Segurança Interna dos EUA (DHS, na sigla em inglês) poderá incluir nas suas competências a supervisão de discursos de incitação ao ódio ou à violência , considerados "desinformação" pelo governo americano.
Os planos dos EUA, revelados pelo diretor do DHS, Alejandro Mayorkas, indicam que a administração Biden criou um "conselho de do governo contra a desinformação" que será liderado por Nina Jankowicz.
Mayorkas também revelou que o novo conselho terá a suposta missão de conter as desinformações que influenciam as eleições, segurança nacional, migração irregular e Rússia.
O presidente dos EUA, Joe Biden, faz comentários sobre Rússia e Ucrânia na Sala Roosevelt da Casa Branca, em Washington, DC, 21 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.04.2022
Panorama internacional
Biden anuncia mais US$ 800 milhões em ajuda militar para Ucrânia
O anúncio da criação do conselho surgiu depois de Elon Musk fechar o acordo de compra do Twitter, por US$ 44 bilhões (R$ 218,4 bilhões).
Vale ressaltar que Musk prometeu restaurar a liberdade de expressão na plataforma, que havia sido banida por conservadores e acusada de influenciar a eleição presidencial de 2020, quando suprimiu as notícias sobre um suposto escândalo envolvendo Biden.
Ironicamente, Nina Jankowicz, que liderará o novo conselho contra a desinformação, na ocasião, promoveu fake news sobre o suposto escândalo de Biden semanas antes da eleição de 2020.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала