Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Moscou está cumprindo suas obrigações de dívida externa, diz Ministério das Finanças russo

© Dmitry AstakhovO ministro das Finanças, Anton Siluanov, participa de uma reunião de gabinete em Moscou, Rússia (foto de arquivo)
O ministro das Finanças, Anton Siluanov, participa de uma reunião de gabinete em Moscou, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 10.04.2022
Nos siga noTelegram
Pasta destacou que, mesmo com as contas em moeda estrangeira do Ministério das Finanças e as reservas cambiais do Banco Central congeladas, a Rússia continuou usando dólares americanos nas transações relacionadas às suas obrigações de dívida.
O ministro das Finanças russo, Anton Siluanov, anunciou que Moscou, como um mutuário confiável, fez todo o possível para cumprir suas obrigações de dívida.
Siluanov explicou que a Rússia vem cumprindo suas obrigações de dívida nas moedas em que o empréstimo foi feito, "principalmente em dólares americanos".
"E o que encontramos?", indagou o ministro. "As contas em moeda estrangeira do Ministério da Fazenda foram congeladas, as reservas cambiais do Banco Central foram congeladas", analisou.
O chefe das Finanças destacou que, mesmo nessa situação, Moscou continuou usando dólares americanos enquanto realizava as transações relacionadas às suas obrigações de dívida.
Da esquerda para a direita, Xi Jinping, presidente da China, Vladimir Putin, presidente da Rússia, Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e Cyril Ramaphosa, presidente da África do Sul, após reunião do BRICS no Palácio do Itamaraty em Brasília, Brasil, 14 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 09.04.2022
Panorama internacional
Rússia: sanções são destrutivas mas o BRICS tem todos os meios para reduzir seu impacto
No início desta semana, os Estados Unidos impediram o Estado russo de pagar aos detentores da dívida soberana da Rússia mais de US$ 600 milhões (R$ 2,8 bilhões) de reservas mantidas em bancos norte-americanos.
Enquanto as reservas de moeda estrangeira mantidas pelo Banco Central russo em instituições financeiras dos EUA foram congeladas em meio às sanções impostas por Washington por conta da operação militar russa na Ucrânia, o Departamento do Tesouro estadunidense permitiu que o governo russo usasse os fundos congelados para efetuar pagamentos de cupons de dívida soberana em dólares, caso a caso.
Shaktikanta Das, governador do Banco de Reservas da Índia, fala a industrialistas indianos em um seminário de Mumbai, Índia, 21 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.03.2022
Panorama internacional
Banco central da Índia: congelamento das reservas da Rússia é campainha de alarme para qualquer país
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала