Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Submarino nuclear dos EUA aparece inesperadamente em porto da Noruega

© Foto / Flickr.com / Marinha dos EUASubmarino nuclear USS Albany (SSN-753) (imagem referencial)
Submarino nuclear USS Albany (SSN-753) (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 06.04.2022
Nos siga noTelegram
O navio norte-americano USS Albany (SSN-753) surgiu sem aviso no porto de Tromso, que tem sido palco de algumas manifestações contra submarinos nucleares da OTAN.
O submarino nuclear USS Albany (SSN-753), dos EUA, chegou ao porto da municipalidade de Tromso, no norte da Noruega, sem aviso prévio e sem se saber quanto tempo ficará no local, relata na terça-feira (5) a emissora NRK.
Elisabeth Eikeland, do quartel-general das Forças Armadas norueguesas, descreveu a visita como "atividade operacional", dizendo que a chegada do submarino não foi anunciada devido às recentes restrições de informação. Ela também nada informou sobre a duração da visita.
O porto de Tonsnes, em Tromso, tem recebido diversos submarinos nucleares no último ano, polarizando a sociedade norueguesa. O porto é um dos dois da Noruega que recebe navios movidos a energia nuclear da OTAN, apesar de a municipalidade inicialmente recusar sua entrada.
Cerimônia de comissionamento do submarino USS Washington (SSN-787) na Estação Naval Norfolk, Washington, EUA, 7 de outubro de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 12.01.2022
Panorama internacional
Grupos protestam chegada de novo submarino nuclear dos EUA à Noruega
Em janeiro foram realizadas manifestações em Tromso devido aos moradores temerem um possível acidente ou vazamento nuclear em meio à visita do navio USS Washington, por a municipalidade não ter competência e equipamentos para lidar com um possível acidente de vazamento radioativo, que levaria a problemas de saúde, morte ou grandes danos ao meio ambiente.
As Forças Armadas da Noruega sublinharam em uma análise de risco e vulnerabilidade que o governo nunca teria escolhido Tonsnes se tivesse quaisquer dúvidas. No entanto, Bjornar Moxnes, líder do Partido Vermelho, argumentou que o Ministério da Defesa norueguês subestimou as consequências de um potencial acidente, e sugeriu que Tromso será assim um alvo militar importante para potências estrangeiras.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала