Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mísseis de cruzeiro das forças russas destroem grande depósito de combustível na Ucrânia

© SputnikVeículo de desminagem UR-77 das tropas da Rússia na região de Kherson
Veículo de desminagem UR-77 das tropas da Rússia na região de Kherson - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Nos siga noTelegram
Na noite desta segunda-feira (28), o Exército da Rússia destruiu, com mísseis de cruzeiro de alta precisão, um grande depósito de combustível na região de Rovno, no noroeste da Ucrânia, a partir de onde era abastecido o equipamento militar ucraniano nos subúrbios de Kiev.
Durante esta noite, a aviação de combate russa destruiu cerca de 70 alvos militares da Ucrânia, incluindo três sistemas de defesa antiaérea Buk, disse nesta terça-feira (29) o major-general Igor Konashenkov, representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia.
"Durante a noite, aviação tático-operacional atingiu 68 alvos militares da Ucrânia", informou.
Konashenkov especificou que, entre os alvos eliminados, estavam três postos de comando, quatros sistemas de mísseis antiaéreos, incluindo três Buk-M1 e um complexo Osa. Uma estação de radar, cinco lançadores múltiplos de foguetes, dois depósitos de munições, três depósitos de combustíveis e 19 locais de acumulação de equipamentos militares ucranianos e postos de apoio.
"Desde o início da operação especial, as Forças Armadas da Rússia destruíram 123 aviões, 73 helicópteros, 311 veículos aéreos não tripulados, 1.738 tanques e outros veículos de combate blindados, 181 lançadores múltiplos de foguetes, 726 peças de artilharia e morteiros, bem como 1.592 veículos militares espaciais", disse o major-general russo.
Helicóptero Mi-8 ucraniano realiza treinamento de evacuação para resgate de piloto durante exercícios das forças aéreas na base aérea militar de Starokostyantyniv, em 12 de outubro de 2018. - Sputnik Brasil, 1920, 28.03.2022
Panorama internacional
Defesa russa: Mi-8 ucraniano em Mariupol para evacuar líderes do Batalhão Azov é abatido
Segundo o Ministério da Defesa, as Forças Armadas apenas atacam a infraestrutura militar e as tropas ucranianas.
Em 24 de fevereiro, a Rússia anunciou uma operação militar especial na Ucrânia, em resposta ao pedido de assistência militar das repúblicas populares de Donetsk e Lugansk (RPD e RPL, respectivamente).
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала