Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Contra roubos e desastres: cachorro-robô fiscaliza sítio arqueológico de Pompeia (FOTOS)

© Foto / Parque Arqueológico de PompeiaO robô desenvolvido pela Boston Dynamics está auxiliando autoridades italianas em Pompeia
O robô desenvolvido pela Boston Dynamics está auxiliando autoridades italianas em Pompeia - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Nos siga noTelegram
O robô desenvolvido pela empresa norte-americana Boston Dynamics é uma das iniciativas do parque, que desde 2013 vem investindo em um projeto de preservação da área após receber alerta da UNESCO.
O cachorro-robô da Boston Dynamics está sendo usado na antiga cidade de Pompeia, na Itália, para identificar problemas estruturais e de segurança nas diversas construções ao redor dos 66 hectares do parque arqueológico, de acordo com reportagem do The Guardian.

"[O objetivo] é melhorar tanto a qualidade do acompanhamento das áreas existentes, como aprofundar o conhecimento do estado de adiantamento das obras nas áreas em recuperação ou restauro e, assim, gerir a segurança do local, bem como a dos trabalhadores", explicaram as autoridades do parque.

Além da preservação das estruturas, o robô também é responsável por encontrar túneis cavados por ladrões de relíquias antigas, ou ladrões de tumbas, um problema que vem assolando Pompeia há muitos anos. Segundo o diretor do parque arqueológico, Gabriel Zuchtriegel, esta é a primeira vez que um robô é utilizado na preservação de sítios arqueológicos.
© Foto / Parque Arqueológico de PompeiaCachorro-robô e drone são utilizados no monitoramento do parque arqueológico de Pompeia, na Itália
Cachorro-robô e drone são utilizados no monitoramento do parque arqueológico de Pompeia, na Itália - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Cachorro-robô e drone são utilizados no monitoramento do parque arqueológico de Pompeia, na Itália
"Os avanços tecnológicos no mundo da robótica, na forma de inteligência artificial e sistemas autônomos, produziram soluções e inovações tipicamente associadas ao mundo industrial e de manufatura, mas que até agora não tinham encontrado aplicação dentro de sítios arqueológicos devido à heterogeneidade das condições ambientais e o tamanho do local", explicou Zuchtriegel.
Os investimentos em preservação e tecnologia aconteceram após um relatório da UNESCO ameaçar incluir o parque arqueológico de Pompeia na lista de patrimônios mundiais em perigo, a menos que as autoridades italianas melhorassem sua preservação.
As autoridades italianas iniciaram testes com um sistema de drones aéreos com scanner laser em 3D e anunciaram que o próximo passo para o cachorro-robô é entrar nos túneis cavados por ladrões de arte.

"Muitas vezes as condições de segurança dentro dos túneis escavados por ladrões de túmulos são extremamente precárias, desta forma, o uso do robô pode significar um avanço que nos permitiria proceder com maior velocidade e total segurança", afirmou Zuchtriegel.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала