Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Novo exoplaneta gasoso é descoberto a 578 anos-luz da Terra

CC BY 2.0 / NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/AndreaLuck / A missão Juno da NASA capturou essa visão do hemisfério sul de Júpiter durante o 39º sobrevoo da espaçonave no planeta, 12 de janeiro de 2022
A missão Juno da NASA capturou essa visão do hemisfério sul de Júpiter durante o 39º sobrevoo da espaçonave no planeta, 12 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 27.03.2022
Nos siga noTelegram
O novo exoplaneta, denominado TOI-357 b, tem um raio de 1,09 vez o tamanho de Júpiter, porém sua massa é de 0,268 vez a do maior planeta do nosso Sistema Solar.
Um grupo de astrônomos de instituições científicas norte-americanas descobriu um novo exoplaneta do tamanho de Júpiter, porém com a particularidade de que possui menos de um terço da massa do maior planeta do Sistema Solar, segundo estudo publicado no portal arXiv.
Os cientistas, citados pela Phys.org, informaram que para encontrar o planeta de tamanho joviano, denominado como TOI-3757 b, utilizaram o método óptico de fotometria espacial do TESS da NASA, que tem o objetivo de buscar objetos extrassolares em trânsito através do estudo de aproximadamente 200 mil corpos celestes brilhantes próximos do Sol.
Telescópio Espacial Hubble mostra a imagem da galáxia espiral NGC 6984, na constelação Indus, a aproximadamente 200 milhões de anos-luz da Terra - Sputnik Brasil, 1920, 22.03.2022
Sociedade e cotidiano
Hubble mostra IMAGEM de galáxia espiral barrada a 48 milhões de anos-luz da Terra
Também utilizaram outros métodos para poder localizar o objeto TOI-3757 b, entre os que se destaca a determinação das velocidades radiais, bem como o uso de espectroscopia Doppler, observações fotométricas desde a Terra e imagens astronômicas de alta resolução.
O TOI-3757 b tem um raio de 1,09 vez o tamanho de Júpiter, porém sua quantidade de matéria é de 0,268 vez a massa do maior planeta do Sistema Solar, o que produz uma densidade de 0,27 grama por centímetro cúbico, convertendo-o no planeta de menor densidade conhecido orbitando em torno de anãs vermelhas.
De acordo com o estudo, a estrela-mãe próxima ao TOI-3757 b é uma estrela anã vermelha do tipo espectral M0V, 37% menor e menos massiva que o Sol, que tem 7,1 bilhões de anos e uma temperatura efetiva de 3.640 graus centígrados.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала