- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro pediu ajuda a Putin para desenvolver submarino nuclear após recusa dos EUA, diz jornal

© Sputnik / Vyacheslav ProkofievJair Bolsonaro e Vladimir Putin, presidentes do Brasil e da Rússia, respectivamente, após encontro oficial no Kremlin, Moscou, Rússia, 16 de fevereiro de 2022
Jair Bolsonaro e Vladimir Putin, presidentes do Brasil e da Rússia, respectivamente, após encontro oficial no Kremlin, Moscou, Rússia, 16 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 16.03.2022
Nos siga noTelegram
Durante sua visita a Moscou em meados de fevereiro, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro pediu ao seu homólogo russo Vladimir Putin ajuda no desenvolvimento de um submarino nuclear, segundo informações do jornal Folha de S.Paulo.
De acordo com a publicação, o Brasil procurou a Rússia após os Estados Unidos não terem demonstrado interesse em contribuir com o projeto.
O jornal escreve que o Ministério da Defesa brasileiro perdeu as expectativas de firmar um acordo com Washington em 2018. Segundo um militar ouvido pela Folha, os norte-americanos "enrolavam os brasileiros e pediam novas informações".
Com isso, o Itamaraty, que participava em conjunto da negociação, resolveu procurar alternativas.
De acordo com o jornal, houve conversas iniciais entre os países, mas a chegada de Bolsonaro ao poder acabou paralisando um possível avanço.
À época, o Brasil tinha um alinhamento ideológico aos EUA, comandado por Donald Trump. Segundo a Folha, o então chanceler, Ernesto Araújo, "vetou a associação com Moscou".
Com apoio da ala militar do governo, porém, as conversas foram retomadas em 2020 e aceleradas após a queda de Araújo, em março de 2021.
O jornal aponta que o peça-chave para alavancar a negociação com Moscou foi o secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência, o almirante Flávio Rocha, que foi à capital russa no final de 2021 "com a missão de amarrar os pontos de cooperação".
Na sequência, de acordo com a Folha, Bolsonaro foi então convidado e aceitou viajar para se encontrar com Putin no Kremlin.
O submarino de ataque rápido da classe Virginia USS California - Sputnik Brasil, 1920, 16.03.2022
Panorama internacional
Casal de espiões de submarinos nucleares dos EUA supostamente tentou vender segredos para o Brasil
Até onde se sabe, alerta o veículo, não há nenhum documento oficial ligando o caso do submarino nuclear à Rússia.
Segundo a Folha, o Itamaraty indicou que a situação na Ucrânia pode ter novamente paralisado as negociações, mas ainda haverá uma tentativa de manter o negócio.
Contudo, o jornal diz que ainda não está claro se a operação militar russa na Ucrânia trouxe impactos aos planos do Brasil.
Em 2021, a Marinha brasileira iniciou testes de um sistema de propulsão nuclear, para o qual uma eventual assistência russa também poderia ser útil.
Fachada do Palácio do Itamaraty em Brasília, em 9 de março de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 11.03.2022
Notícias do Brasil
O que o Brasil tem a ganhar com a posição de neutralidade em relação à crise ucraniana?

Resposta da Rússia sobre apoio a submarino do Brasil

Enquanto isso, Dmitry Peskov, porta-voz do presidente russo, Vladimir Putin, deixou sem comentários a pergunta sobre um possível apoio ao Brasil para criar um submarino nuclear. Ele frisou que as conversações entre Putin e seu homólogo brasileiro eram privadas.
"Vou deixar essa pergunta sem comentários, pois as conversações entre os dois presidentes eram privadas", disse Peskov.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала