Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Guerra não interessa a ninguém, diz Bolsonaro sobre Ucrânia após encontro com premiê húngaro (VÍDEO)

© REUTERS / BERNADETT SZABOO primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán e o presidente brasileiro Jair Bolsonaro fazem uma declaração conjunta, em Budapeste, Hungria, 17 de fevereiro de 2022
O primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán e o presidente brasileiro Jair Bolsonaro fazem uma declaração conjunta, em Budapeste, Hungria, 17 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 17.02.2022
Nos siga noTelegram
Nesta quinta-feira (17) o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro realizou um encontro oficial com o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán para promover cooperação em ações humanitárias.
Em visita à Hungria, o presidente Bolsonaro esteve em reunião com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, para tratar da assinatura de entendimentos de cooperação entre os países.
Pouco depois, em coletiva de imprensa, o presidente brasileiro afirmou que "Brasil e Hungria nunca estiveram tão alinhados em – praticamente – todos os aspectos."
Chamando o país de "pequeno grande irmão", Bolsonaro destacou valores que, segundo ele, são evocados por ambas as lideranças e disse que "famílias bem estruturadas fazem uma sociedade sadia".
Dentre os temas abordados pelos dois líderes estava a questão ambiental que, segundo Bolsonaro, "chega muito distorcida para o resto do mundo."
"Há pouco falamos da questão ambiental com o primeiro-ministro, sobre as preocupações com a Amazônia, o que acontece é que muitas vezes as questões chegam de forma distorcida. Falam de desmatamento na Amazônia, [mas] não existe", afirmou Bolsonaro, completando que sua gestão se preocupa com o reflorestamento e que "desinformação é um ataque à economia brasileira e seu agronegócio."
O presidente disse ainda que a reunião foi bastante útil e que espera que não haja uma guerra na Ucrânia.
"Estive recentemente com o presidente da Rússia e passei para ele o meu sentimento. Coincidentemente, ou não, pude ver a retirada das tropas e acredito que é um gesto de que a guerra não interessa a ninguém, nem ao mundo, todos perdem, naturalmente a vizinhança [também]", afirmou Bolsonaro se referindo à proximidade da Hungria com o possível conflito.
O mandatário brasileiro terminou dizendo que está muito satisfeito com a parceria, mencionando a comunidade húngara no Brasil e os milhares de estudantes brasileiros no país.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала