Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ministro francês: lançamento do Nord Stream 2 é um dos pontos-chave para sair da crise com Rússia

© REUTERS / SARAH MEYSSONNIERBruno Le Maire, ministro da Economia e Finanças da França, 7 de fevereiro de 2022
Bruno Le Maire, ministro da Economia e Finanças da França, 7 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 08.02.2022
Nos siga noTelegram
Um dos pontos-chave para sair da crise com a Rússia é o início de funcionamento do gasoduto Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2), afirmou na terça-feira (8) o ministro da Economia e Finanças francês, Bruno Le Maire.
Ontem, segunda-feira (7), o presidente americano Joe Biden ameaçou suspender o projeto promovido pela Rússia no caso de escalada em torno da Ucrânia.
Hoje (8), falando à rádio France Inter, o ministro francês constatou:

"Não são os Estados Unidos que vão enfrentar as consequência de um conflito com a Ucrânia, mas os europeus, do ponto de vista dos preços da energia elétrica. A abertura do gasoduto Nord Stream 2 é um dos pontos-chave das negociações e, claramente, um dos principais pontos para a saída da crise com a Rússia".

O político ressaltou ainda que o lançamento do gasoduto é uma questão estratégica tanto para Moscou, como para a Europa.
Que países da Europa mais dispõem de gás russo?  - Sputnik Brasil, 1920, 02.02.2022
Panorama internacional
Que países da Europa mais dispõem de gás russo?
O Nord Stream 2, a segunda linha de gasoduto, com uma capacidade total de 55 bilhões de metros cúbicos de gás por ano conectando a costa russa e a costa alemã através do fundo do mar Báltico, tem sido alvo de duras críticas por parte de parlamentares alemães, embora ainda não tenha entrado em funcionamento. Para eles, a exploração do gasoduto aumenta a dependência da União Europeia de Moscou.
As novas negociações entre os países sugerem uma mudança de postura de Berlim, marcada até agora por resistência em estabelecer relações de parceria com a Rússia especialmente ante a crise geopolítica envolvendo a Ucrânia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала