Tu-160M será 1º avião no mundo equipado com mísseis de lançamento traseiro

© Foto / Ministério da Defesa da RússiaBombardeiro russo T-160 com mísseis de cruzeiro subsônicos Kh-55SM e Kh-101/102
Bombardeiro russo T-160 com mísseis de cruzeiro subsônicos Kh-55SM e Kh-101/102 - Sputnik Brasil, 1920, 04.02.2022
Nos siga noTelegram
Uma fonte da indústria aeronáutica da Rússia revelou que o bombardeiro estratégico Tu-160M do país conseguirá usar mísseis de lançamento traseiro, e não só contra alvos atrás do avião.
O bombardeiro estratégico Tu-160M russo será o primeiro avião no mundo com mísseis de lançamento traseiro, contou à Sputnik uma fonte na indústria aeronáutica.
"O primeiro Tu-160M recém-fabricado está equipado com um radar de visão traseira, que permitirá ao avião se defender de mísseis ar-ar, terra-ar e caças com mísseis usando o chamado lançamento inverso. Os mísseis da classe ar-ar são orientados pelo radar de cauda do bombardeiro para atacar alvos na meia esfera traseira, ou seja, localizados 'atrás' do Tu-160M", referiu a fonte.
O interlocutor explicou que "o uso do radar de visão traseira é mais indicado em bombardeiros pesados, devido a serem aparelhos pouco manobráveis, que simplesmente podem não conseguir se virar a tempo de frente para o inimigo".
Bombardeiro estratégico Tu-160M - Sputnik Brasil, 1920, 13.01.2022
Nova versão do bombardeiro estratégico russo Tu-160 realiza 1º voo (VÍDEO)
No entanto, o radar está ausente na versão de base.
Segundo a fonte, os mísseis de lançamento traseiro podem também atingir alvos na meia esfera dianteira do Tu-160M, virando para isso em 180°.
O Tu-160M, fabricado pela empresa aeroespacial e de defesa russa Tupolev, realizou seu primeiro voo, que durou 30 minutos, em 12 de janeiro. O bombardeiro recebeu motores, aviônicos e eletrônica atualizados, bem como novos sistemas de controle de armas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала