Força Aérea da Coreia do Sul implanta 40 caças F-35A em meio a tensões na região, segundo relatos

© AFP 2022 / Vincent JanninkCaça de quinta geração F-35 da Força Aérea Real dos Países Baixos treina sobre alvos na Linha Vliehors, local de treinamento da OTAN em Vlieland, Países Baixos
Caça de quinta geração F-35 da Força Aérea Real dos Países Baixos treina sobre alvos na Linha Vliehors, local de treinamento da OTAN em Vlieland, Países Baixos - Sputnik Brasil, 1920, 27.01.2022
Nos siga noTelegram
Nesta quinta-feira (27), fontes militares informaram que a Força Aérea da Coreia do Sul completou a implantação de 40 caças F-35A.
De acordo com a agência de notícias Yonhap, o quarto caça F-35 pousou na base aérea de Cheongju, a 140 quilômetros ao sul de Seul, completando o programa de introdução das aeronaves.
A implementação das 40 aeronaves estava estimada para ser concluída em 2021, mas sofreu um atraso devido à pandemia da COVID-19.
Caça F-35C da Marinha dos EUA durante show aéreo em Huntington Beach, Califórnia, EUA, 1º de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.01.2022
Panorama internacional
EUA esperam recuperar F-35 que caiu no mar antes que China o resgate
Com a introdução das aeronaves, o país espera elevar suas capacidades operacionais e fortalecer sua prontidão contra forças inimigas.
Apesar da confiança e expectativa depositada nestes caças, a Força Aérea suspendeu todos os F-35A desde que um deles realizou um pouso de emergência durante um treinamento no início do mês.
O F-35A é a versão de decolagem curta e pouso vertical, dotado de um radar de alta tecnologia, velocidade supersônica, capacidade de apoio aéreo próximo e grande quantidade de sensores que fornecem informações ao piloto.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала