- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lula convida Randolfe Rodrigues para atuar em campanha e senador pode desistir do governo do Amapá

© Foto / Edilson Rodrigues / Agência SenadoRandolfe Rodrigues no plenário do Senado Federal, 16 de dezembro de 2021
Randolfe Rodrigues no plenário do Senado Federal, 16 de dezembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 25.01.2022
Nos siga noTelegram
Forte opositor ao governo Bolsonaro, Randolfe já declarou ser necessário que eleições terminem no primeiro turno com a derrota do presidente e aliados, os quais "representam riscos para o país".
Em uma reunião na sexta-feira (21), o ex-presidente Lula convidou o senador, Randolfe Rodrigues (Rede), para fazer parte de sua equipe da campanha nas eleições presidenciais de 2022.
Rodrigues teve destaque político no ano passado ao ser o vice-presidente da CPI da Covid, além de se posicionar veementemente contra a gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL).
O convite acontece para que o senador tenha a função de ajudar na composição do programa de governo e na articulação política, entre outras atribuições, segundo a Folha de São Paulo.
© Foto / Agência Senado / Edilson RodriguesVice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues, conversa com Senador Omar Aziz, presidente da CPI (no meio) e Renan Calheiros, relator da CPI (à direita) no Senado, Brasília, 18 de outubro de 2021
Senador Omar Aziz, presidente da CPI (no meio), Renan Calheiros, relator da CPI (à direita) e vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues conversam na CPI da Covid no Senado, Brasília, 18 de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 25.01.2022
Vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues, conversa com Senador Omar Aziz, presidente da CPI (no meio) e Renan Calheiros, relator da CPI (à direita) no Senado, Brasília, 18 de outubro de 2021
Com o chamado, o senador deve desistir da disputa pelo governo do Amapá, e começa a trabalhar em um substituto, presumivelmente, Lucas Abrahão (Rede), de acordo com a mídia. Abrahão é auxiliar de Rodrigues.
Na semana passada, o senador concedeu algumas declarações à Folha, e disse ser necessário que Bolsonaro seja "derrubado" no primeiro turno, devido aos ricos que o presidente e seus aliados representam ao país.
"Temos lideranças ambientalistas sendo mortas no campo devido ao sentimento de impunidade que os criminosos têm, temos tido o crescimento de grupos violentos. Nunca na história do país houve tantas armas nas mãos de amadores. Discurso de ódio. É um caldeirão. Isso deve ser objeto de reflexão não só da Rede, mas de todos os democratas. É uma reflexão que todos temos que ter. Hoje a possibilidade maior de encerramento da eleição no primeiro turno está com Lula", declarou.
A partir do momento que Lula lidera as pesquisas de intenção de voto e mostra mais chances de derrotar o presidente, Randolfe tem sustentado que seu partido apoie o petista.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала