Trabalhador da saúde segura seringa em ponto de vacinação contra a COVID-19 em loja de departamentos GUM de Moscou, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Propagação e combate à COVID-19
Informações atuais sobre a dissimilação de coronavírus no Brasil e no mundo. Fique por dentro das principais notícias sobre o tema.

Vacinas contra COVID-19 são seguras para gestantes, diz relatório de agência sanitária da UE

© AP Photo / Gerald HerbertEm Metairie, no estado norte-americano de Louisiana, um agente de saúde prepara uma dose de vacina contra a COVID-19, em 29 de março de 2021
Em Metairie, no estado norte-americano de Louisiana, um agente de saúde prepara uma dose de vacina contra a COVID-19, em 29 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 18.01.2022
Nos siga noTelegram
Nesta terça-feira (18), a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) disse que não encontrou sinais de que as vacinas da Pfizer e da Moderna contra a COVID-19 representem uma ameaça para as gestantes.
Uma força-tarefa da EMA revisou vários estudos envolvendo 65 mil mulheres grávidas durante vários estágios da gravidez. A conclusão final da agência aponta que os efeitos colaterais mais comuns da vacinação foram leves e semelhantes aos de outras pessoas vacinadas.
"A revisão não encontrou nenhum sinal de aumento do risco de complicações na gravidez, abortos espontâneos, partos prematuros ou efeitos adversos nos fetos após o uso de vacinas de mRNA contra a COVID-19", diz o comunicado publicado pela agência.
A revisão sugere ainda que os benefícios de receber vacinas de mRNA durante a gravidez superam quaisquer riscos possíveis para as gestantes e seus bebês. A EMA também alerta que a infecção pelo SARS-CoV-2 nos últimos meses de gravidez pode aumentar o risco de desenvolver uma forma grave da doença.
© AP Photo / Peter DejongEm Amsterdã, nos Países Baixos, uma mulher faz teste gratuito de COVID-19 em uma unidade de testagem, em 30 de dezembro de 2021
Em Amsterdã, nos Países Baixos, uma mulher faz teste gratuito de COVID-19 em uma unidade de testagem, em 30 de dezembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 18.01.2022
Em Amsterdã, nos Países Baixos, uma mulher faz teste gratuito de COVID-19 em uma unidade de testagem, em 30 de dezembro de 2021
A vacinação na União Europeia (EU) continua. Segundo dados do site Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford, 70,4% da população da zona do euro já foi vacinada com as duas doses das vacinas, sendo que cerca de 74% já tomaram pelo menos a primeira dose. Já a dose de reforço chegou a 38% da população.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала