Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Estônia planeja fornecer à Ucrânia mísseis antitanque Javelin e obuseiros

© Sputnik / Sergei PivovarovSoldados da 150ª Divisão de Infantaria Motorizada disparam de obuseiros 2A65 durante os exercícios de preparação para o Dia das Tropas de Mísseis e Artilharia, no polígono de Kuzminsky, região de Rostov
Soldados da 150ª Divisão de Infantaria Motorizada disparam de obuseiros 2A65 durante os exercícios de preparação para o Dia das Tropas de Mísseis e Artilharia, no polígono de Kuzminsky, região de Rostov - Sputnik Brasil, 1920, 30.12.2021
Nos siga no
A Estônia pretende fornecer à Ucrânia mísseis antitanque Javelin e obuseiros de 122 mm, declarou Peeter Kuimet, chefe do departamento de cooperação internacional do Ministério da Defesa estoniana, nesta quinta-feira (30).
Kuimet afirmou que a Estônia já ajuda a Ucrânia no treinamento de pessoal médico militar, artilheiros e soldados das forças especiais desde 2014. Porém, segundo ele, o país planeja aumentar significativamente o seu apoio a Kiev devido à escalada de tensões com a Rússia.

"O que estamos atualmente considerando ou trabalhando são mísseis Javelin para sistemas de mísseis antitanque, e estamos considerando, ou planejando, fornecer obuseiros de 122 mm junto à sua munição", disse Kuimet à emissora estoniana ERR.

Ele explicou que, antes de tomar uma decisão final, a Estônia precisa obter autorização do país de origem dos mísseis - os Estados Unidos -, bem como dos antigos proprietários de obuseiros - Finlândia e Alemanha.
Portanto, o momento da assistência depende em grande parte de como as negociações com os aliados progredirem.
O custo de um míssil varia de 84.856 dólares a 147.084 dólares (entre R$ 472.749 e R$ 819.434), dependendo dos termos dos contratos e do tipo específico da arma. A Estônia planeja fornecer à Ucrânia várias dezenas desses mísseis.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала