Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Defesa dos EUA ordena que porta-aviões fique no Mediterrâneo para sinalizar ajuda a aliados europeus

© AP Photo / Fabrizio Bensch/PoolPorta-aviões USS Nimitz Harry S. Truman
Porta-aviões USS Nimitz Harry S. Truman - Sputnik Brasil, 1920, 28.12.2021
Nos siga no
Secretário de Defesa dos EUA aprovou hoje (28) mudança de rota de porta-aviões que seguiria para o Oriente Médio. Iniciativa visa demonstrar cooperação norte-americana com aliados europeus diante da questão da Ucrânia.
Nesta terça-feira (28), o secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, ordenou que o grupo de ataque do porta-aviões da Marinha dos EUA, o USS Harry S. Truman, permanecesse na região do mar Mediterrâneo em vez de seguir para o Oriente Médio, em meio a preocupações com o alegado aumento de milhares de tropas russas perto da fronteira com a Ucrânia.
Austin aprovou pessoalmente a mudança nos planos na programação do USS Harry S. Truman, e dos cinco navios de guerra norte-americanos que o acompanham, na intenção de sinalizar aos aliados europeus o compromisso contínuo dos EUA com a segurança regional, segundo a AP News.
O USS Harry S. Truman e seus navios estão agora operando no mar Jônico, entre a Grécia e a Itália, em vez de navegar pelo canal de Suez no mar Vermelho para apoiar o Comando Central dos EUA (USCENTCOM, na sigla em inglês), de acordo com a mídia.
© REUTERS / Marinha dos EUA /Anthony FlynnO porta-aviões da Marinha dos EUA USS Harry S. Truman transita pelo canal de Suez, Egito, em direção ao mar Mediterrâneo (foto de arquivo)
O porta-aviões da Marinha dos EUA USS Harry S. Truman transita pelo canal de Suez, Egito, em direção ao mar Mediterrâneo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 28.12.2021
O porta-aviões da Marinha dos EUA USS Harry S. Truman transita pelo canal de Suez, Egito, em direção ao mar Mediterrâneo (foto de arquivo)
Os Estados Unidos e seus aliados acusam a Rússia de aumentar suas tropas perto da fronteira com a Ucrânia para um pico estimado de 100 mil, alimentando temores de que Moscou esteja se preparando para invadir Kiev.
A Rússia nega qualquer intenção de lançar uma nova invasão e acusa a Ucrânia de tentar usar a força para recuperar o controle dos territórios mantidos por rebeldes apoiados por Moscou. O governo ucraniano rejeitou a afirmação.
O grupo de porta-aviões deixou seu porto natal em Norfolk, Virgínia, em 1º de dezembro, e entrou no mar Mediterrâneo em 14 de dezembro.
Militares russos durante concurso militar na Crimeia, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 13.12.2021
Panorama internacional
EUA estão obcecados com suposta 'invasão russa da Ucrânia', afirma vice-chanceler russo
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала