Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Explosão de cores: 2 novas espécies de aranhas-pavão são encontradas na Austrália (FOTOS)

Aranha-pavão  - Sputnik Brasil, 1920, 08.12.2021
Nos siga no
Pequeninas, mas dotadas de grande beleza, as aranhas-pavão são tão miúdas que podem ser comparadas a um grão de arroz. Pesquisadores acreditam que registro da espécie ajuda a convencer humanos a não matá-las.
Duas novas espécies de aranhas-pavão foram descobertas na Austrália. Do tamanho de um grão de arroz, essas peculiares aranhas deram trabalho para os pesquisadores Flynn Prall e James McMulkin.
Duas novas espécies de aranhas-pavão descobertas na Austrália Ocidental

Para fazerem o registro da nova espécie, os entusiastas de aranhas começaram a acampar à noite próximo ao local onde viram as espécies para fotografá-las logo pela manhã, segundo a mídia australiana ABC News.

"Encontramos algumas espécies não descritas nesta temporada e algumas novas com formas coloridas […], mas realmente queríamos encontrar uma nova espécie de aranha-pavão. Fizemos disso nossa missão este ano e temos pesquisado desde então", disse Flynn Prall citado pela mídia.

De acordo com a mídia, a primeira nova espécie foi descoberta há dois meses em Capel, no sudoeste do país, e a segunda apenas duas semanas atrás, perto do Monte Romance, ao norte da Austrália.
Aranha caçadora (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 22.02.2021
Aranha gigante é flagrada agarrada aos cabos de semáforo na Austrália (FOTO)
De acordo com os pesquisadores, mesmo com seu pequenino tamanho, as aranhas dessa espécie podem dar saltos de quatro milímetros, e os machos vivem até um ano.
"Na maior parte da vida, os machos são apenas morenos e de aparência simples, e na primavera eles fazem sua última muda e ganham todas essas cores loucas e […] esses leques que se abrem para essas exibições incríveis", contou Prall.
Ainda segundo o pesquisador, ele se sente muito satisfeito em conseguir fazer os registros de fotos das aranhas porque ao vê-los, as pessoas começam a pensar duas vezes antes de mata-las.
"Muitas pessoas me disseram [que] por causa das minhas fotos, eles não matam mais aranhas, eles as realocam […] uma vez que entendem um pouco mais."
Teia de aranha  - Sputnik Brasil, 1920, 16.11.2021
Sociedade e cotidiano
Inteligência artificial desvenda segredos da construção de teias de aranha
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала