Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia começa entrega de sistemas S-400 à Índia apesar de possíveis sanções dos EUA

© Sputnik / Vitaly Ankov / Abrir o banco de imagensSistema de defesa antiaérea S-400 (foto de arquivo)
Sistema de defesa antiaérea S-400 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 14.11.2021
Nos siga no
Rússia iniciou o fornecimento dos sistemas de mísseis S-400 à Índia. O processo de entrega está decorrendo como planejado, disse à Sputnik Dmitry Shugaev, diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar.
"O fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea S-400 para a Índia começou e está prosseguindo de acordo com o plano", afirmou Shugaev.
Anteriormente, o parlamentar do partido governista indiano BJP Subramanian Swamy disse que os EUA podem aplicar seu Ato Contra Adversários da América Através de Sanções (CAATSA, na sigla em inglês) contra a Índia, uma vez que o primeiro lote deverá ser entregue até o final deste ano.
"Uma pessoa que conhece as autoridades americanas me disse que os documentos para sanções à Índia foram preparados e são mantidos no Departamento de Estado. Serão anunciadas imediatamente após a chegada dos S-400. Eles não pouparam Turquia, segundo me disseram, não vão nos poupar", afirmou o político indiano em setembro durante um debate público sobre as relações da Índia com os EUA.
Sistema de defesa antiaérea S-400 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 16.09.2021
Sistema S-500 entra em serviço do Exército da Rússia e pode ser exportado para Índia
Em agosto, Aleksandr Mikheev, diretor da Rosoboronexport, corporação estatal russa de exportação de armas, disse que as negociações sobre o fornecimento de sistemas S-400 estavam em andamento com sete países no Oriente Médio, região Ásia-Pacífico e África.
A Índia assinou um acordo de US$ 5,5 bilhões (R$ 30,63 bilhões) para compra de cinco regimentos de sistemas S-400 em 2018.
Os EUA argumentam que, de acordo com o CAATSA, a compra dos S-400 pela Índia "constituirá claramente uma transação significativa, e portanto sancionável, com o setor de defesa russo".
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала