Médico explica em que cenário COVID-19 se torna incapaz de afetar o organismo

© Foto / PixabayImagem ilustrativa do vírus SARS-CoV-2, que causa a COVID-19
Imagem ilustrativa do vírus SARS-CoV-2, que causa a COVID-19 - Sputnik Brasil, 1920, 06.08.2021
Nos siga noTelegram
Coronavírus é incapaz de infectar organismo humano enquanto a pessoa tem gripe, disse Zaur Shugushev, chefe de um hospital clínico russo convertido para tratamento de pacientes com COVID-19.

O cenário mais desagradável que pode acontecer atualmente é a sobreposição da gripe sazonal com a propagação do coronavírus, a chamada "infecção mista", quando uma pessoa fica infectada com dois agentes virais ao mesmo tempo, mas na prática isso é uma ocorrência rara.

De acordo com o médico, quando uma pessoa fica infectada com dois vírus, o curso de ambas as doenças será mais complicado, escreve jornal Izvestia.

Ele afirmou também que se for o rinovírus o primeiro a afetar o tecido pulmonar, então o coronavírus já não conseguirá penetrar no tecido. Isto é, se uma pessoa adoeceu primeiro com gripe, e enquanto estiver doente com gripe, o coronavírus não será capaz de afetá-la.

© AP Photo / Domenico StinellisMédicos da Unidade de Terapia Intensiva da Clínica de COVID-19 de Casal Palocco nos arredores de Roma cuidam de pacientes, 21 de outubro de 2020
Médico explica em que cenário COVID-19 se torna incapaz de afetar o organismo - Sputnik Brasil, 1920, 06.08.2021
Médicos da Unidade de Terapia Intensiva da Clínica de COVID-19 de Casal Palocco nos arredores de Roma cuidam de pacientes, 21 de outubro de 2020
"Em primeiro lugar – e este é provavelmente o desenvolvimento mais desagradável do cenário – é uma infecção mista. Se uma pessoa for infectada com dois agentes virais ao mesmo tempo, seriam tanto o coronavírus como o rinovírus, o vírus da gripe. Isto é teoricamente possível, mas na prática é bastante raro acontecer. No entanto, se estes dois vírus surgem ao mesmo tempo, então o curso de ambas as doenças será mais grave, ou seja, a pessoa sofrerá muito mais", explicou o médico.

Recentemente, cientistas descobriram que a planta alcaravia pretas (Nigella sativa) pode ser usada para tratar a COVID-19 no futuro, já que possui uma substância que é capaz de se unir com a proteína S do coronavírus e impedir o desenvolvimento de infecções pulmonares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала