Sputnik V fornece 90% de proteção contra cepa Delta da COVID-19, segundo cientista

© Sputnik / Vladimir Trefilov / Abrir o banco de imagensSeringa e ampola com o logotipo da Sputnik V ao fundo
Seringa e ampola com o logotipo da Sputnik V ao fundo - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2021
Nos siga noTelegram
A vacina russa Sputnik V fornece proteção contra a variante indiana da COVID-19, a cepa Delta, segundo o doutor Sergey Netesov, diretor de laboratório da Universidade Estatal de Novosibirsk e membro-correspondente da Academia de Ciências da Rússia.

"De acordo com dados do Reino Unido, EUA e outros países, as vacinas mRNA e de vetor, incluindo nossa Sputnik V, protegem contra isso [a variante Delta], embora em menor escala. Elas forneciam uma proteção de 95% contra a variante inicial e agora fornecem 90% de proteção contra a variante Delta", afirmou Netesov.

O especialista observou que no mundo foram criadas vacinas antivirais bastante eficazes, incluindo a Sputnik V, e por isso elas devem ser usadas.

Sergey Netesov comentou que a vacinação e o uso de máscaras protegerão e ajudarão a combater o novo coronavírus. Além disso, a luta contra a COVID-19 também exigirá a conscientização das pessoas.

A vacina Sputnik V contra o SARS-CoV-2, desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya russo, foi a primeira do mundo a ser registada, em agosto de 2020.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала