EUA lançam satélite para 'estudo do domínio espacial' e detecção de objetos artificiais em órbita

© Foto / Northrop GrummanAvião L-1011 Stargazer com o foguete Pegasus XL
Avião L-1011 Stargazer com o foguete Pegasus XL - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2021
Nos siga noTelegram
A Força Espacial dos EUA lançou com êxito um satélite para o "estudo do domínio espacial" e detecção de objetos artificiais em órbita.

O lançamento do foguete Pegasus XL da empresa Northrop Grumman foi realizado no dia 13 de junho a partir da base de Vandenberg, na Califórnia.

O Pegasus, um foguete de três estágios que é lançado do ar, foi transportado por um avião L-1011 Stargazer da mesma empresa, especialmente modificado.

Pouco depois de ser liberado, a uma altura de aproximadamente 12 mil metros sobre o oceano Pacífico, acionou o primeiro estágio iniciando seu voo, que levou a missão Tactically Responsive Launch-2 (TacRL-2) à órbita baixa da Terra.

© Foto / Northrop GrummanLançamento do foguete Pegasus XL da empresa Northrop Grumman
EUA lançam satélite para 'estudo do domínio espacial' e detecção de objetos artificiais em órbita - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2021
Lançamento do foguete Pegasus XL da empresa Northrop Grumman

De acordo com os militares, o projeto busca "responder às mudanças dinâmicas no domínio espacial ou em um teatro de operações e inserir ou substituir ativos na órbita muito mais rapidamente que os prazos normais para cumprir os requisitos emergentes do comando de combate".

"Este exitoso lançamento é um claro sinal para nossos competidores estratégicos de que não cederemos o acesso ao espaço [...] E com este esforço, demonstramos o tipo de velocidade que é precisa para ganhar. Executamos uma 'chamada de atenção de 21 dias' para colocar um satélite em órbita, extraindo a carga útil, acoplando-a ao foguete e integrando o pacote combinado na aeronave", afirmou o general John W. Raymond, chefe de Operações Espaciais.

A Northrop Grumman detalhou que este foi o 45º lançamento do Pegasus, que utiliza a propulsão sólida para oferecer a máxima capacidade de resposta, permitindo o lançamento a uma ampla variedade de órbitas em prazos curtos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала