Destroço espacial perfura dispositivo robótico canadense na Estação Espacial Internacional (FOTO)

© Foto / NASAPartes da Estação Espacial Internacional enquanto que o complexo orbital voa para um pôr do sol orbital, que contêm módulos da NASA, da Agência Espacial Europeia e da Rússia
Partes da Estação Espacial Internacional enquanto que o complexo orbital voa para um pôr do sol orbital, que contêm módulos da NASA, da Agência Espacial Europeia e da Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2021
Nos siga noTelegram
Um destroço espacial atingiu o braço robótico canadense fixado na Estação Espacial Internacional (EEI) deixando um pequeno buraco, segundo a Agência Espacial Canadense (CSA) o incidente não afetou o funcionamento do dispositivo robótico.

"Um desses impactos [de detritos espaciais] foi detectado recentemente, em 12 de maio, durante uma inspeção de rotina do braço robótico Canadarm2. Especialistas da CSA e da NASA trabalharam juntos para obter imagens detalhadas da área e avaliar o impacto que ocorreu em uma das hastes do Canadarm2", diz o comunicado publicado no site da agência espacial canadense.

A CSA divulgou uma fotografia do dispositivo que mostra um buraco no escudo térmico branco.

Detrito espacial perfurou o braço robótico canadense na EEI. A Agência Espacial Canadense assegura que o incidente não afetou o funcionamento do dispositivo. O aparelho é utilizado para a manutenção da superfície exterior da estação, substituição de equipamentos, transporte de carga e cosmonautas, e "captura" das naves durante acoplamento com a estação.

A EEI orbita ao redor do nosso planeta a uma velocidade de 7,66 quilômetros por segundo (mais de 27 mil quilômetros por hora).

Recentemente, autoridades russas declararam que o país vai abandonar a Estação Espacial Internacional daqui a quatro anos – a partir de 2025, e iniciará a criação de sua própria estação orbital.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала