Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Governo da Turquia agradece Rússia por acordo sobre a Sputnik V

© Sputnik / Sputnik / Abrir o banco de imagensEm Sukhumi, na Rússia, uma pessoa segura uma embalagem da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19, em 17 de maio de 2021
Em Sukhumi, na Rússia, uma pessoa segura uma embalagem da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19, em 17 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.05.2021
Nos siga no
O Ministro da Saúde da Turquia, Fahrettin Koca, expressou gratidão à Rússia pelo acordo sobre as entregas da vacina Sputnik V contra a COVID-19.

Koca deu as declarações em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (26).

"Desde o início do desenvolvimento da vacina russa Sputnik V, temos estado em contato a respeito de suas entregas. Agora temos um acordo assinado sobre as entregas [...] desta vacina. Agradeço às autoridades russas pelo apoio relacionado a este acordo", disse o ministro.

O mandatário da Saúde acrescentou que a Turquia assinou acordos para receber um total de 270 milhões de doses de várias vacinas contra a COVID-19, o que é três vezes mais do que a população do país, que hoje gira em torno de 80 milhões de pessoas. Segundo o painel do site Our World in Data, a vacinação na Turquia já alcançou cerca de 16 milhões de pessoas com pelo menos a primeira dose de um imunizante contra o novo coronavírus.

© REUTERS / Umit BektasEm Istambul, na Turquia, uma cidadã recebe uma dose de uma vacina contra a COVID-19, em 9 de abril de 2021
Governo da Turquia agradece Rússia por acordo sobre a Sputnik V - Sputnik Brasil, 1920, 26.05.2021
Em Istambul, na Turquia, uma cidadã recebe uma dose de uma vacina contra a COVID-19, em 9 de abril de 2021

A Turquia autorizou o uso emergencial da vacina Sputnik V contra o novo coronavírus ainda no final de abril. Além dos turcos, outros 64 países já autorizaram o uso da vacina russa, a primeira a ser autorizada no mundo. Na América Latina, países como México, Argentina, Equador, Paraguai e Venezuela também autorizaram o uso da Sputnik V.

Conforme dados da Universidade Johns Hopkins, a Turquia acumula mais de 5,2 milhões de casos confirmados da COVID-19, além de quase 47 mil mortes causadas pela doença.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала