França, Alemanha e Espanha selam acordo para novo caça que seria para o bem da 'soberania da Europa'

© REUTERS / Pascal RossignolDassault Rafale, jato francês, faz um voo de demonstração
Dassault Rafale, jato francês, faz um voo de demonstração - Sputnik Brasil, 1920, 17.05.2021
Nos siga noTelegram
Com orçamento bilionário, os países pretendem reforçar sua Defesa com o desenvolvimento de novo caça e, em seguida, substituir os caças Dassault Rafale e Eurofighter Typhoon pelo novo modelo.

Nesta segunda-feira (17), França, Alemanha e Espanha chegaram a um acordo sobre as próximas etapas do desenvolvimento de um novo caça de combate orçado em mais de € 100 bilhões (cerca de R$ 641,3 bilhões), de acordo com a Reuters.

Em sua conta no Twiiter, a ministra das Forças Armadas da França, Florence Parly, comentou sobre o projeto.

Acabamos de chegar a um acordo entre os Estados sobre o SCAF [Sistema de Combate Aéreo do Futuro]. Um demonstrador do caça do futuro que voará em 2027, abrindo caminho para uma aeronave operacional em 2040.

O caça fará parte do maior projeto de defesa da Europa, e a França, em particular, o considerou crucial para Europa fortalecer sua autonomia e enfrentar a concorrência da China, Rússia e Estados Unidos, segundo a mídia.

​​França, Alemanha e Espanha estão construindo uma das ferramentas mais importantes para sua soberania e a da Europa no século XXI.

A fabricante de aviões Dassault Aviation, a Airbus e a Indra – as duas últimas representando a Alemanha e a Espanha, respectivamente – estão envolvidas no esquema para começar a substituir o caça Dassault Rafale francês e o Eurofighter Typhoon alemão e espanhol a partir de 2040.

França, Alemanha e Espanha selam acordo para novo caça que seria para o bem da 'soberania da Europa' - Sputnik Brasil, 1920, 17.05.2021
Eurofighter Typhoon S da Força Aérea da Alemanha

O projeto incluiu uma aeronave tripulada e uma não tripulada de próxima geração, e não contará com caixa preta para ajudar a preservar "o conhecimento comercial sensível", segundo a mídia.

A quantia cobrirá a finalização dos projetos do jato de combate e do drone até 2024 e a construção de demonstradores para ambos, disse o Ministério da Defesa francês citado pela Reuters.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала