Defesa sul-coreana busca obter novas zonas para treinamento de disparo de forças dos EUA no país

© AFP 2022 / YONHAPMarinha norte-americana durante exercícios conjuntos dos EUA e Coreia do Sul em Pohang
Marinha norte-americana durante exercícios conjuntos dos EUA e Coreia do Sul em Pohang - Sputnik Brasil, 1920, 28.04.2021
Nos siga noTelegram
Nesta quarta-feira (28), o Ministério da Defesa da Coreia do Sul informou que tentará obter novos espaços para realização de disparos de "larga escala" por parte das Forças dos EUA na Coreia (USFK, na sigla em inglês).

A obtenção destas novas zonas é importante para os militares norte-americanos que, por sua vez, se queixam de não conseguirem acesso total à área devido a fortes protestos por parte dos residentes da cidade de Pohang, em virtude de ruídos e barulhos dos tiros, segundo a agência Yonhap.

De modo a resolver o conflito entre as USFK e os locais, o Ministério da Defesa apresentou na Assembleia Nacional um relatório que visa estender as áreas de treinamentos de larga escala das tropas norte-americanas, dessa vez, com uma "zona tampão", não só para ajudar a minimizar o ruído dos exercícios militares, mas também por razões de segurança.

Em 2020, pelo menos cinco exercícios militares das USFK foram suspendidos por causa dos protestos, inclusive o treinamento no Complexo Rodriguez Live Fire em Pocheon, a cerca de 45 quilômetros ao norte da capital sul-coreana, Seul.

"Continuaremos a nos comunicarmos com os residentes, e a formular medidas para resolver o problema, enquanto trabalhamos em um plano de longo prazo", afirmou o ministério, citado pela mídia, sem referir possíveis locais candidatos a construções de novos espaços para treinamento.

Também no ano passado, os ministros da Defesa de ambas as nações concordaram que as contínuas oportunidades de treinamento das USFK são essenciais para manter uma postura defensiva forte na península.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала