Arábia Saudita diz ter destruído barco com explosivos em porto no mar Vermelho

© AP Photo / Claude ParisNavio de carga saudita Bahri Tabuk chega ao porto de Fos-sur-Mer, no sul da França, 28 de maio de 2019
Navio de carga saudita Bahri Tabuk chega ao porto de Fos-sur-Mer, no sul da França, 28 de maio de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 27.04.2021
Nos siga noTelegram
Nenhum grupo reivindicou até agora a responsabilidade pelo incidente. Embarcação com explosivos não estava tripulada e era controlada remotamente, afirma Ministério da Defesa saudita.

A Arábia Saudita afirma ter interceptado e destruído um barco carregado de explosivos na costa do porto de Yanbu, no mar Vermelho.

"Uma [embarcação] não tripulada carregada de bombas foi interceptada e destruída esta manhã […]. As unidades navais foram capazes de detectar e monitorar a atividade do [barco] carregado de bomba nas águas do mar Vermelho, na costa de Yanbu", afirmou o porta-voz do Ministério da Defesa saudita, o coronel Turki al-Maliki, em comunicado divulgado nesta terça-feira (27), citado pelo jornal The Times of Israel.

A empresa britânica de segurança marítima Ambrey relatou um "incidente" na costa oeste da Arábia Saudita, entre os portos de Yanbu e Rabigh. A fumaça foi vista subindo de um navio próximo ao porto saudita de transporte de petróleo de Yanbu, disse a empresa. Vários petroleiros permanecem ancorados ou à deriva na área.

Nenhum grupo reivindicou até agora a responsabilidade pelo incidente, al-Maliki, que também é porta-voz da coalizão militar de países árabes liderada pelos sauditas contra os rebeldes houthis, disse estar sob investigação.

O incidente ocorre após uma série de ataques a navios na região do Oriente Médio e em meio a uma guerra sombria entre Irã e Israel. Nesta terça-feira (27), o Irã retoma, em Viena, Áustria, as negociações com potências mundiais sobre o retorno de Teerã e Washington ao acordo nuclear de 2015.

Além disso, o reino saudita trava uma guerra de anos contra os rebeldes houthis do Iêmen, que no passado usaram drones carregados de bombas e barcos carregados de explosivos em ataques. No entanto, os rebeldes não reclamaram nenhum ataque nesta terça-feira (27).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала