Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

UE fecha grande acordo climático antes da Cúpula do Clima de Biden

© AP Photo / John ThysA presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, faz uma declaração após uma reunião do colégio de comissários na sede da UE em Bruxelas, 14 de abril de 2021
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, faz uma declaração após uma reunião do colégio de comissários na sede da UE em Bruxelas, 14 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 21.04.2021
Nos siga no
Um dia antes da Cúpula do Clima organizada pelos EUA, a União Europeia (UE) fecha acordo climático provisório e acredita que a ação abrirá caminho para os "irmãos mais novos norte-americanos".

Nesta quarta-feira (21), a União Europeia chegou a um acordo climático provisório com o objetivo de tornar o bloco neutro para o clima até 2050, com os Estados-membros e o Parlamento concordando com novas metas de emissões de carbono, segundo a AP News.

"Nosso compromisso político de nos tornarmos o primeiro continente neutro para o clima até 2050 também é um compromisso legal. A lei climática coloca a UE em um caminho verde por uma geração", disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen citada pela mídia.

A UE também se comprometerá com uma meta intermediária de redução das emissões de gases de efeito estufa em pelo menos 55% até 2030. Inicialmente, a meta era de 40%, mas sob a pressão de evidências crescentes das mudanças climáticas e de um eleitorado mais ambientalmente consciente, foi aumentada, embora o legislador da UE desejasse uma meta maior de 60%.

"Já era tempo, já que a Europa tem de mostrar onde está, tendo em vista os desenvolvimentos positivos nos EUA e na China", disse o membro do Parlamento europeu, Peter Liese.

O acordo acontece na véspera da Cúpula do Clima, organizada pelo presidente norte-americano, Joe Biden, nesta quinta-feira (22). A UE diz que pode estar abrindo caminho para os EUA com sua decisão, e interpreta Washington como um "irmão mais novo" da Europa.

"Os EUA não são nossos irmãos mais velhos no que diz respeito ao clima. Somos o irmão ou a irmã mais velha. Então, eles serão realmente encorajados por isso, serão pressionados. Eles precisarão entregar quando virem o que realizamos", disse a eurodeputada Jytte Guteland.

© AP Photo / Olivier HosletO enviado especial dos Estados Unidos para o Clima, John Kerry, à esquerda, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ao centro, e o comissário europeu, Frans Timmermans posam antes de uma reunião na sede da UE em Bruxelas, 9 de março de 2021
UE fecha grande acordo climático antes da Cúpula do Clima de Biden  - Sputnik Brasil, 1920, 21.04.2021
O enviado especial dos Estados Unidos para o Clima, John Kerry, à esquerda, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ao centro, e o comissário europeu, Frans Timmermans posam antes de uma reunião na sede da UE em Bruxelas, 9 de março de 2021

Tanto Washington quanto Bruxelas pretendem se tornar "neutros em carbono" até a metade do século, uma meta que os cientistas defendem para ser alcançada a fim de evitar que as temperaturas globais médias subam acima de 2 graus Celsius até o ano 2100.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала