Ativista Greta Thunberg doará US$ 120 mil para apoiar COVAX Facility

© REUTERS / Johanna GeronA ativista sueca pelo clima Greta Thunberg participa da manifestação '' Europe Climate Strike '' em Bruxelas, Bélgica, 6 de março de 2020
A ativista sueca pelo clima Greta Thunberg participa da manifestação '' Europe Climate Strike '' em Bruxelas, Bélgica, 6 de março de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2021
Nos siga noTelegram
A ativista sueca Greta Thunberg planeja doar US$ 120 mil (R$ 669 mil) de sua fundação para a OMS para apoiar o esforço de compartilhamento de vacinas do consórcio COVAX Facility.

O consórcio internacional é uma tentativa de promover igualdade de acesso à vacina em todo o mundo, em meio a pedidos de vacinação para grupos de pessoas em risco, conforme anunciou a OMS nesta segunda-feira (19).

"Greta Thunberg, ativista do clima e meio ambiente, doará US$ 120 mil [R$ 669 mil] por meio de sua fundação, para a Fundação da Organização Mundial da Saúde, em apoio à COVAX para a compra de vacinas COVID-19, como parte do esforço global para garantir o acesso equitativo de vacinas para os que estão em maior risco em todos os países, incluindo profissionais de saúde, idosos e aqueles com comorbidades", afirmou a OMS.

De acordo com a OMS, o financiamento vem do prêmio em dinheiro que a fundação de Thunberg recebeu por sua defesa de ações que lutam contra as causas da mudança climática.

© REUTERS / CINDY LIUOs recipientes das vacinas Oxford/AstraZeneca são retratados durante uma cerimônia de entrega de vacinas contra a COVID-19 sob o esquema COVAX no Aeroporto Internacional de Phnom Penh, Camboja, 2 de março de 2021
Ativista Greta Thunberg doará US$ 120 mil para apoiar COVAX Facility - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2021
Os recipientes das vacinas Oxford/AstraZeneca são retratados durante uma cerimônia de entrega de vacinas contra a COVID-19 sob o esquema COVAX no Aeroporto Internacional de Phnom Penh, Camboja, 2 de março de 2021

Na coletiva de imprensa conjunta, Thunberg também encorajou a comunidade internacional a apoiar o projeto COVAX no combate à pandemia em locais onde há acesso limitado à vacina.

"Assim como com a crise climática, devemos ajudar primeiro aqueles que são os mais vulneráveis. É por isso que estou apoiando OMS, Gavi [Aliança Global para Vacinas e Imunização] e todos os envolvidos na iniciativa COVAX, que acredito ser o melhor caminho a seguir. Garantir uma verdadeira igualdade de vacinas e uma saída para a pandemia", disse Thunberg.

Em resposta, o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, agradeceu a Thunberg por sua doação e pela demonstração de apoio à igualdade das vacinas, exortando governos, organizações internacionais e fabricantes de imunizantes a seguir o exemplo da ativista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала