Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Em debate, Ciro, Haddad, Doria, Leite e Huck não poupam críticas a Bolsonaro

© Foto / Reprodução YoutubeCiro Gomes (PDT), Eduardo Leite (PSDB), Fernando Haddad (PT), João Doria (PSDB) e Luciano Huck (sem partido) em debate digital, em 17 de abril de 2021
Ciro Gomes (PDT), Eduardo Leite (PSDB), Fernando Haddad (PT), João Doria (PSDB) e Luciano Huck (sem partido) em debate digital, em 17 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 18.04.2021
Nos siga no
Ciro Gomes (PDT), Eduardo Leite (PSDB), Fernando Haddad (PT), João Doria (PSDB) e Luciano Huck (sem partido) participaram de um debate digital organizado por alunos brasileiros de Harvard e do MIT na noite deste sábado (17).

Os cinco possíveis candidatos à presidência não pouparam críticas a Jair Bolsonaro, que foram voltadas às pautas de educação, economia, meio ambiente e, principalmente, ao combate à pandemia de COVID-19.

Outra crítica feita em coro pelos cinco presidenciáveis foi em relação aos frequentes ataques à democracia feitos pelo presidente Bolsonaro.

"O delírio de Bolsonaro é formar uma milícia para resistir de forma armada à derrota eleitoral que se aproxima", afirmou Ciro Gomes.

Entre os participantes do debate, Ciro é o único que já foi lançado como presidenciável pelo seu partido. Huck, sem partido, ainda não definiu se pretende concorrer à presidência. Leite e Doria, que são do mesmo partido, talvez precisem passar por prévia no PSDB. Depois de Lula, Haddad é o nome mais forte do PT para as eleições.

"Eu queria terminar me solidarizando com os dois governadores aqui, que são do PSDB e que têm sofrido ataques indignos, intoleráveis. Um presidente que se porta da maneira como Bolsonaro [...] é indigno da nossa democracia. Não pode ser tolerado por nenhuma força política. Passou de todos os limites. Todo mundo aqui merece ser respeitado",  afirmou Haddad, sendo aplaudido por João Doria.

O clima no debate foi amistoso. Dos cinco participantes, quatro estiveram reunidos – ao lado de Luiz Henrique Mandetta e João Amoêdo – na assinatura do "Manifesto pela Consciência Democrática", no dia 31 de março.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала