Pentágono constrói telescópios autônomos para rastrear satélites inimigos

© Foto / NumericaEstação de rastreamento de satélites da Numerica na Espanha
Estação de rastreamento de satélites da Numerica na Espanha - Sputnik Brasil, 1920, 08.04.2021
Nos siga noTelegram
A Força Aérea dos EUA investiu em diversos avançados telescópios diurnos baseados em solo, para rastrear satélites em órbita.

Todd Brost, diretor de projetos especiais da empresa de defesa espacial Numerica, afirmou ao SpaceNews que a empresa recebeu um contrato da Força Aérea dos EUA para construir seis telescópios autônomos no Colorado, Austrália e Espanha.

O valor do contrato é desconhecido, mas o Pentágono pagou US$ 3 milhões (R$ 16,8 milhões) à Numerica em 2019 para desenvolver a tecnologia necessária para o projeto.

© Foto / NumericaTelescópio de rastreamento diurno de satélites da Numerica
Pentágono constrói telescópios autônomos para rastrear satélites inimigos - Sputnik Brasil, 1920, 08.04.2021
Telescópio de rastreamento diurno de satélites da Numerica

Em agosto, a Numerica anunciou o recebimento de uma patente para o projeto de um satélite de rastreamento diurno, que pode rastrear satélites a mais de 35 quilômetros, que é a distância dos satélites geoestacionários na órbita terrestre.

"Nossa tecnologia é ativada por câmeras de alta velocidade infravermelhas de curta onda, ótica customizada e algoritmos avançados", afirmou Jeff Shaddix, principal pesquisador do projeto.

Os telescópios diurnos não são os únicos métodos que o Departamento da Força Aérea utiliza para rastrear os satélites de outras nações. Recentemente, a Força Espacial dos EUA ativou um conjunto de radares de vigilância à ilha de Kwajalein, nas ilhas Marshall, para rastrear objetos na órbita baixa da Terra, incluindo satélites e lixo espacial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала