Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Grupo de transição de Biden iniciará conversas sobre COVID-19 com equipe de Trump

© REUTERS / Jim Watson Provável vencedor das eleições presidenciais dos EUA, Joe Biden, coordena reunião de gabinete de transição, Wilmington, Delaware, EUA, 17 de novembro de 2020
Provável vencedor das eleições presidenciais dos EUA, Joe Biden, coordena reunião de gabinete de transição, Wilmington, Delaware, EUA, 17 de novembro de 2020  - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Conselho Consultivo para COVID-19 da equipe de transição do provável vencedor das eleições presidenciais dos EUA, Joe Biden, iniciará conversas com o pessoal de Donald Trump nesta quarta-feira (25).

A informação foi divulgada pela diretora de comunicações de Biden, Kate Bedingfield, a jornalistas.

"[Os especialistas do Conselho Consultivo] têm uma tremenda experiência e perspectiva neste espaço [...]. E estou ansiosa por esta reunião de hoje e por esses briefings adicionais em andamento", disse Bedingfield.

A assessora de Biden declarou que os especialistas — que incluem David Kessler, Vivek Murthy e Marcella Nunez-Smith — se concentrarão no plano da administração de Trump para distribuição de vacinas e testes, e na rede de abastecimento de equipamentos de proteção individual.

© REUTERS / Jonathan ErnstCandidato à presidência dos EUA, Joe Biden, durante coletiva de imprensa sobre a pandemia de COVID-19, em Wilmington, Delaware, Estados Unidos, 9 de novembro de 2020
Grupo de transição de Biden iniciará conversas sobre COVID-19 com equipe de Trump - Sputnik Brasil
Candidato à presidência dos EUA, Joe Biden, durante coletiva de imprensa sobre a pandemia de COVID-19, em Wilmington, Delaware, Estados Unidos, 9 de novembro de 2020

O Conselho Consultivo acredita que está recebendo boas informações e espera aprender mais sobre a operação Warp Speed — programa do governo Trump encarregado de abordar vacinas e terapias contra o coronavírus.

Na segunda-feira (23), Trump autorizou a Administração de Serviços Gerais (GSA, na sigla em inglês) a iniciar uma transição formal para a equipe de Biden, enquanto continuava a disputar os resultados da eleição de 3 de novembro e se recusava a admitir a derrota.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала