Líderes de todo mundo estendem seu apoio a França após ataque em Nice

© AFP 2022 / Eric GaillardPresidente da França, Emmanuel Macron visita local de ataque em Nice
Presidente da França, Emmanuel Macron visita local de ataque em Nice - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Após o ataque a faca que ocorreu nesta quinta-feira (29), deixando três mortos em Nice, líderes de todo mundo oferecem suas condolências à França.

Através de um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores da Turquia condenou o ataque, salientando "solidariedade com o povo francês, e em especial com os habitantes de Nice, contra o terrorismo e violência.

"Nenhuma razão pode justificar a morte de pessoas e ações de violência. Claramente, aqueles que realizaram este ataque selvagem em local sagrado de culto religioso não têm qualquer respeito pelos valores religiosos, humanos e morais", diz o comunicado.

O primeiro-ministro do Reino Unido comentou o ocorrido tanto em francês quanto em inglês, manifestando seu apoio às vítimas do "ataque bárbaro" e suas famílias.

​Eu estou em choque por ouvir a notícia do ataque bárbaro no meio da basílica Notre-Dame em Nice. Nossos pensamentos estão com as vítimas e suas famílias, e o Reino Unido está ao lado da França para lutar contra o terrorismo e intolerância.

Dmitry Peskov, porta-voz da Presidência russa, também comentou o ataque: "Agora, analisamos a informação relativa a esta tragédia absolutamente horrível ocorrida em Nice [...]."

Já o presidente russo, Vladimir Putin, manifestando seu apoio à França confirmou "a prontidão da Federação da Rússia para interações mais estreitas com a França e outros parceiros em todas as direções na luta contra o terrorismo".

"Estou profundamente chocada pelos assassinatos horríveis em uma igreja em Nice. Os meus pensamentos estão com as famílias dos mortos e feridos. A solidariedade da Alemanha vai nestas horas difíceis para a nação francesa", declarou Angela Merkel, mandatária alemã, após se informar da tragédia ocorrida no país vizinho.

O ataque ocorreu nesta quinta-feira (29) em Nice, no sul da França, quando três pessoas foram esfaqueadas por um extremista religioso. Rapidamente, o criminoso foi detido pelas forças de segurança francesas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала