COVID-19 na Alemanha está pior que no início da pandemia, diz Merkel

© AP Photo / Markus SchreiberEm Berlim, a chanceler alemã, Angela Merkel, chega de máscara a uma reunião de gabinete do governo alemão durante a pandemia da COVID-19, em 21 de outubro de 2020
Em Berlim, a chanceler alemã, Angela Merkel, chega de máscara a uma reunião de gabinete do governo alemão durante a pandemia da COVID-19, em 21 de outubro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Novos casos de COVID-19 na Alemanha estão se espalhando mais rápido do que no início do ano, segundo a chanceler alemã, Angela Merkel.

A liderança alemã falou ao país em discurso televisionado neste sábado (24) e apontou o que o país europeu, em meio à segunda onda da COVID-19, ainda não chegou aos meses mais difíceis da pandemia. Outros países europeus, como França e Espanha, estão batendo recordes de casos em meio à atual fase da pandemia no continente.

"Estamos em uma fase muito séria da pandemia da COVID-19. O número de novos casos está em espiral crescente, dia após dia. A pandemia está se espalhando rapidamente de novo, ainda mais rápido do que no início, há mais de seis meses", disse Merkel.
© AFP 2022 / Tobias SchwarzEm Berlim, a chanceler alemã Angela Merkel usa máscara na entrada de uma sessão do Bundestag, em 30 de setembro de 2020
COVID-19 na Alemanha está pior que no início da pandemia, diz Merkel - Sputnik Brasil
Em Berlim, a chanceler alemã Angela Merkel usa máscara na entrada de uma sessão do Bundestag, em 30 de setembro de 2020

A chanceler acrescentou que para a Alemanha "o verão relativamente relaxado acabou" e a forma como o país atravessará o inverno e chegará ao Natal dependerá das atitudes dos cidadãos. Merkel pediu aos alemães que evitem viagens, reuniões e atividades ao ar livre.

"Por favor, não viaje a menos que seja absolutamente necessário. Por favor, não comemore a menos que seja absolutamente necessário. Por favor, fique em casa, em sua própria cidade, sempre que possível", disse a chanceler na transmissão.

Neste sábado (24), a Alemanha confirmou 14.714 novos casos de COVID-19, registrando o maior aumento diário de casos desde a chegada da doença ao país. De acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins, a Alemanha já registrou 426.110 casos do novo coronavírus e mais de 10 mil mortes causadas pela doença.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала