Bombardeiros B-52 dos EUA simulam ataque aéreo contra Rússia

© AP Photo / Mindaugas KulbisBombardeiro estratégico B-52 da Força Aérea dos EUA (foto de arquivo)
Bombardeiro estratégico B-52 da Força Aérea dos EUA (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No dia 31 de agosto, três bombardeiros B-52H da Força Aérea dos EUA simularam ataques aéreos à região russa de Kaliningrado com mísseis de cruzeiro lançados a partir de espaço aéreo europeu.

"Segundo nossa avaliação, durante o evento as tripulações dos B-52H praticaram posicionamento para uso de mísseis de cruzeiro realizando ataque convencional com mísseis contra instalações na região de Kaliningrado e outras regiões ocidentais de nosso país", afirmou Sergei Surovikin, comandante da Força Aeroespacial russa.

O comandante considera os exercícios com os bombardeiros norte-americanos próximos da fronteira russa como uma "provocação".

© Foto / Força Aérea dos EUA; Sgt. Robert J. HorstmanUm bombardeiro estratégico B-52 com seu jogo de munições (foto de arquivo)
Bombardeiros B-52 dos EUA simulam ataque aéreo contra Rússia - Sputnik Brasil
Um bombardeiro estratégico B-52 com seu jogo de munições (foto de arquivo)

Na ocasião, os bombardeiros voaram sobre os Países Baixos, Alemanha, Polônia e países bálticos, até as proximidades de um polígono da Estônia.

As aeronaves norte-americanas foram monitoradas por unidades da Frota do Báltico ao longo de todo o percurso.

"Para impedir a violação do espaço aéreo russo por parte dos bombardeiros norte-americanos foram colocados no ar dois caças Su-27 da aviação naval da Frota do Báltico", ressaltou Surovikin.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала